Skip to content
PUBLICIDADE

Tom Veiga gravou áudio relatando agressão de ex-mulher antes de morrer; fotos com hematomas são divulgadas: ‘Brutalmente agredido’

PUBLICIDADE

Tom Veiga ficou bastante conhecido no Brasil por ser o intérprete do Louro José, no programa de Ana Maria Braga. Em meados do ano passado, sua morte foi anunciada, devido a um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Aos 48 anos de idade, ele não resistiu. Sua morte chocou o Brasil e deixou a muitos entristecidos, inclusive, a própria apresentadora. Ela e Veiga foram companheiros por mais de 20 anos.

E neste momento, existe uma briga pela herança de Veiga. O artista deixou 50% dos seus bens para os seus quatro filhos e os outros 50% foram destinados para sua ex-mulher, Cybelle Hermínio. A família está buscando anular o testamento que deixa bens para a ex. Tom e ela ficaram juntos por um período de apenas sete meses, enquanto casados.

Os familiares alegam que Veiga tinha o desejo de tirar Cybelle de seu testamento. O testamento foi feito em 2019, após o intérprete ter descoberto nódulos em seu pulmão.

PUBLICIDADE

E recentemente, a primeira ex-mulher de Tom Veiga, Alessandra, divulgou mensagens dramáticas que revelam o comportamento de Cybelle diante de Tom. Ele teria sido agredido.

As agressões ocorreram cerca de um mês antes da morte de Veiga. A briga teria começado por Tom não permitir que o filho de Cybelle almoçasse dentro da piscina, o que contrariava a mãe.

PUBLICIDADE

“Quando eu fui pegar a garrafa de vinho, ela jogou a taça de vinho na parede, e aí seguiu, me deu garrafada, veio pra cima, me agarrou no pescoço, me jogou no chão, e aí foi agressão, agressão mesmo”, esclareceu Tom.

Abaixo você pode conferir o áudio que Tom enviou para Alessandra:

PUBLICIDADE

Ela também divulgou fotos que Tom enviou: