Skip to content
PUBLICIDADE

Luto – Morre por Covid-19, cantor sertanejo da dupla com Bruno e causa grande comoção: ‘Senhor me ajuda’

PUBLICIDADE

O Brasil enfrenta o pior momento da pandemia da Covid-19, especialistas em saúde e infectologia afirmam que o avanço do novo coronavírus está fora de controle no país, o sistema de saúde está em colapso e milhares de pessoas estão morrendo diariamente sem conseguir o atendimento médico adequado.

Esta sexta-feira (19), a música sertaneja entrou em luto, a Covid-19 calou mais uma voz, fez mais uma vítima fatal entre os mais de 290 mil brasileiros que perderam suas vidas por causa da grave doença causada pelo novo coronavírus.

O cantor sertanejo Diego Argenton, de 28 anos, da dupla com Bruno, causou uma grande comoção. A confirmação do falecimento de Diego veio através da conta oficial do Instagram da dupla sertaneja.

PUBLICIDADE

Diego testou positivo para Covid-19, no início do mês de março, mas os sintomas agravaram e na última segunda-feira (15), a situação ficou ainda mais grave. O cantor sertanejo não conseguia mais alimentar e procurou por vários médicos.

Mas a família não conseguiu uma vaga de leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), para o cantor sertanejo. Por falta de um tratamento adequado e especializado Diego foi à óbito.

PUBLICIDADE

Diego, parceiro de palco de Bruno há 11 anos, lamentou muito a morte do cantor e em uma linda homenagem publicada no perfil do Instagram, onde confessou que aprendeu muito com companheiro e que perdeu um irmão. Confira abaixo:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Bruno e Diego (@brunoediego)

A esposa do sertanejo, Nathalia Argenton, também lamentou a perda. “Eu estou em pedaços. Preciso de forças, Senhor, me ajuda”, disse. O cantor deixa dois filhos, Lucca e Lara Eichinger.

PUBLICIDADE