Skip to content

Jogo entre Argentina e Israel é cancelado mediante protestos

jun 6, 2018
protesto selecao argentina amistoso israel

O jogo amistoso previsto para ocorrer no próximo sábado, dia 09 de junho, a 5 dias do início da Copa do Mundo na Rússia, entre as seleções da Argentina e Israel foi cancelado mediante uma grande onda de protestos no último dia de treino da seleção.

O jogo iria acontecer em Jerusalém, mas de acordo com a Associação de Futebol Argentino (AFA), os atletas se reuniram com o presidente Claudio Tapia da associação e citaram que não desejam entrar em campo por medo das confusões durante a partida e também em torno do estádio.

Após o pedido dos jogadores a AFA acabou cancelando o jogo amistoso do próximo sábado, entendendo que será melhor para o bem do futebol.

PUBLICIDADE

Os protestos

Diversos manifestantes levaram bandeiras da Palestina no último treino da seleção argentina, onde esses e outros fatos acabaram sendo os responsáveis pelo cancelamento da partida.

A própria Associação de Futebol da Palestina havia solicitado o cancelamento do jogo, pois pelo fato de ele ser realizado em Jerusalém, significaria uma enorme afronta ao país. O jogo inclusive seria em uma cidade anexada ao território de Israel.

protesto selecao argentina amistoso israelFoto: Reuters

PUBLICIDADE

A data marca a celebração do 70ª aniversário da criação do Estado de Israel e pode ter como significado uma afronta contra a equipe. Segundo comentários do embaixador da Palestina na Argentina, Husni Abdel Wahed, o momento é triste para a equipe, pois é recebida com um grande apoio e carinho por cidadãos árabes e palestinos, porém fica fora de cogitação magoa-los por conta de uma quebra de direito internacional.

Entendendo o motivo dos protestos

No último dia 14 de maio, indo contra todas as recomendações internacionais, inclusive de grandes órgãos como a ONU, os Estados Unidos inauguraram uma embaixada americana na cidade de Jerusalém, retirando todas as representações diplomáticas da cidade de Tel Aviv.

Com este ato, o presidente americano Donald Trump, reconheceu a cidade como a verdadeira capital de Israel, indo contra diversos países árabes, União Europeia e foi encarado como uma grande afronta para o povo palestino.

Na ocasião houve uma guerra em Gaza, onde mais de 50 palestinos foram mortos por soldados israelenses.

Os protestantes em torno do campo onde a seleção argentina realizava o seu treinamento, gritavam palavras de indignação e estavam com camisetas da seleção manchadas de vermelho, representando o sangue dos mortos no confronto.

Como fica o jogo da Argentina contra Israel?

Após a suspensão do amistoso, Jorge Sampaoli, técnico da Argentina, realizou a solicitação de um novo amistoso antes do início da Copa do Mundo, porém na cidade de Barcelona na Espanha. O local é onde estão instalados os jogadores argentinos, que se preparam antes de realiza a viagem “definitiva” para a Rússia.

Pode ser que o jogo não ocorra contra Israel.

Já houve um jogo de aquecimento para a Copa, contra o Haiti no estádio La Bombonera. Na ocasião o time argentino acabou goleando o Haiti por 4 x 0.

A Argentina estreia no Mundial contra a seleção da Islândia, no próximo dia 16 de junho, às 10h (horário de Brasília) no Estádio Spartak, com capacidade para 45 mil torcedores.