Skip to content

Brasil segue recebendo milhares de refugiados

As cidades fronteiriças do Brasil continuam recebendo uma quantidade muito grande de pessoas refugiadas e isso fica claro nas documentações: muito mais pedidos de reconhecimento estão em tramitação em 2018. Esses dados, que são disponibilizados por causa da Lei de Acesso à Informação, vêm do Ministério da Justiça.

PUBLICIDADE

Quem recebe esses pedidos de reconhecimento é a Polícia Federal e, comparando com 2017, a quantidade deles está muito mais alta: foram 19.429 até este momento. Considerando os primeiros quatro meses deste ano, houve crescimento de mais de 160%. Nessa mesma época, mas no ano passado, a quantidade era de somente 7.434.

As pessoas que estão solicitando seu refúgio ao Brasil vêm de 97 países diferentes, mas existe uma predominância impressionante da Venezuela: são 14.449 indivíduos vindos de lá querendo ter ajuda brasileira. O segundo país de onde chegam mais pedidos de refúgio é o Haiti, com uma quantidade de 1.428 solicitações à Polícia Federal. Outras nacionalidades recorrentes dentre os refugiados no Brasil são chinesa, cubana e indiana.

Ações do Brasil para os refugiados

A acomodação desses refugiados no país tem sido razão para discórdia dentre os cidadãos: enquanto alguns entendem que essas pessoas têm de ser ajudadas porque são de países onde as condições são muito difíceis, outros acreditam que o Brasil deveria promover ajuda primeiro aos próprios brasileiros.

Apesar de as prefeituras tentarem, juntamente à Polícia Federal e também ao Ministério da Justiça, encontrar uma maneira de socorrer esses refugiados, quem acaba fazendo isso são as ONG. É comum que elas procurem essas pessoas para saber se elas dominam o Português a fim de encontrar emprego para elas.

Outras instituições que têm assumido o auxílio aos refugiados são as igrejas: diversas delas proporcionam comida a esses indivíduos e até permitem que eles fiquem alojados enquanto a municipalidade não apresenta uma solução.

PUBLICIDADE

Venezuela: por que a maioria dos refugiados vem dela?

Muitas das pessoas que querem ser refugiadas no Brasil vieram da Venezuela e uma quantidade grande está instalada em Roraima. Foi em janeiro deste ano que a entrada dessas pessoas pelas fronteiras ficou ainda mais séria, a ponto de esses venezuelanos ficarem acumulados nas ruas, uma vez que não havia estrutura suficiente para que eles fossem distribuídos aos abrigos.

O motivo para que tantos cidadãos queiram fugir da Venezuela é um grande autoritarismo associado a graves problemas financeiros que deixam a população com quase tudo limitado, até a comida.

Uma das coisas que colaboraram para o autoritarismo venezuelano é que a sua Procuradoria Geral deixou de existir, ficando a cargo do presidente Nicolás Maduro qualquer decisão. As bases militares também passaram a ser atacadas, inclusive causando mortes.

Outro problema para a Venezuela é que ela foi suspensa do Mercosul pelos demais países. O motivo seria a falta de ordem democrática e a condição para que ela retornasse ao bloco econômico seria a alteração no governo. A oposição a Maduro também começou a ter a sua liberdade reduzida, inclusive com a ocorrência de prisões políticas.