Skip to content

A bola da Copa do Mundo 2018 – Telstar

bola copa do mundo russia 2018

A Copa do Mundo na Rússia começou hoje e já tivemos o primeiro resultado do jogo de estreia, onde a seleção anfitriã, acabou goleando a Arábia Saudita por um placar de 5×0.

PUBLICIDADE

E além da estreia da seleção russa, também foi a estreia da bola fabricada especialmente para este mundial, a Telstar 18, que veio com a finalidade de deixar o jogo mais dinâmico, feita com a mais alta tecnologia para proporcionar uma maior estabilidade, proteção e durabilidade em campo.

O nome foi em homenagem a um satélite lançado pela Nasa em 1962, que seria utilizado nas transmissões da Copa de 1970. Telstar é uma abreviação de Television Star, nome dado para a bola utilizada na Copa de 70, a primeira com 32 gomos, dos quais 20 eram hexágonos brancos e 12 eram pentágonos pretos, isso para que fosse possível dar um melhor destaque e contraste com as televisões da década de 70.

Se passaram 48 anos e então a fabricante resolveu recriar a bola Telstar, porém com toda a tecnologia disponível no mercado atual. A homenagem veio com a criação chamada de Telstar 18, uma bola com as pinturas tradicionais de preto e branco, porém quando aproximada é possível perceber que a pintura na verdade são diversos pixels, representando a entrada da bola no mundo da era digital, pois esta será a primeira bola interativa das copas.

A interatividade será feita através de um chip instalado na bola, onde poderá ser acessado dados da bola através de aparelhos com o um app especial instalado, como os atuais smartphones.

Os painéis da bola seguem a linha de raciocínio implementada na bola brasileira da Copa de 2014, a Brazuca. Os designers realizaram diversas combinações e chegaram a uma forma que se encaixa perfeitamente formando a bola.

PUBLICIDADE

paineis bola copa

Ao todo são 6 painéis como este, com 27cm x 27cm que formam a bola da Copa do Mundo 2018 na Rússia.

As camadas da bola oficial da Copa

Feita com ótimos materiais, a bola Telstar 18 é composta por quatro camadas, onde promete ser a bola mais estável, durável e com a melhor proteção de todos os tempos.

As camadas da bola oficial da Copa do Mundo na Rússia são:

  • Câmara de ar
  • Tecido de proteção
  • Borracha
  • E camada externa

A primeira camada da bola é a câmara de ar. Ela é composta por 4 painéis que foram colados, mantendo toda a estrutura da bola e que é capaz de suportar uma pressão de 0,8 a 1 BAR.

De dentro para fora, a segunda camada da Telstar 18 é composta por um tecido de proteção. Ela é uma camada fina que está diretamente conectada com a câmara de ar, responsável por dar uma melhor proteção para que ela não venha a estourar.

A terceira camada é uma borracha feita com uma espuma especial, dando toda a elasticidade necessária para a bola. É outra camada que também protege as duas primeiras de maiores danos.

E por fim a bola é envolvida pela camada externa, composta por 6 gomos que se encaixam perfeitamente e dão a estabilidade necessária para a bola. A forma de selagem é feita com calor, eliminando as costuras e deixando a bola impermeável. Este modelo sem costuras é utilizado desde a Copa de 2006.

O chip na bola

Em uma área da camada externa da bola, encontra-se instalado um chip, porém ele não é aquele tão comentado chip que mostra se a bola realmente entrou ou não no gol. Este chip interno, primeiro em Copas do Mundo, será somente para uma conexão com tablets e smartphones através da tecnologia Near Field Communication (NFC).

Ele serve somente para mostrar algumas interações como dias de jogo, quantidade de bolas pelo mundo, etc.