A busca por uma cara-metade está fazendo com que os aplicativos de relacionamentos tenham um rendimento muito mais alto ultimamente, em especial o Tinder. Com o grande número de downloads da plataforma sendo feito pelos usuários brasileiros, o app consegue lucrar até U$ 1.000.000.000,00.

O grupo corporativo que gerencia o Tinder é o chamado Match Group e ele também tem outros aplicativos variados nesse mesmo mercado, como o SingleParentMeet, que é especial para que pais solteiros possam se relacionar. Há também o G Encontros e o OurTime, além do Plenty of Fish.

O Divino Amor é outro aplicativo desse grupo e é destinado a juntar pessoas que sejam evangélicas. Pode-se procurar pelo Femme e pelo famoso Par Perfeito, deixando-se ver que o Match Group faz investimentos no que é chamado de nicho.

O Dia dos Namorados é um período no qual esse grupo corporativo fatura bastante, visto que é uma data brasileira e que aqui é justamente o seu segundo maior mercado. De acordo com o próprio Match Group, um dos motivos é que as pessoas pararam de acreditar que quem procura relacionamento por aplicativo é uma perdedora: de fato, as pessoas estão vendo que o aplicativo é somente mais uma ferramenta para que se conheçam pessoas compatíveis.

Pode-se notar o “movimento amoroso” que acontece virtualmente apenas considerando o Par Perfeito. Mensalmente, 2.000 pessoas declaram que conseguiram um relacionamento e, por causa disso, desfazem seus perfis. Por outro lado, são 5.000.000 de pessoas que criam perfis mensalmente, ou seja, a quantidade de novos usuários é sempre muito maior do que a de pessoas que saem do aplicativo.

A respeito dos ganhos que o Match Group tem com o Brasil, eles não são muito grandes, já que o brasileiro não tem a cultura de pagar por coisas que estão disponíveis virtualmente. Um exemplo, é que são poucos os que pagam pelo Tinder, por exemplo: a maioria utiliza unicamente os recursos que são gratuitos.

Público maduro

Não são somente as pessoas mais jovens que se rendem aos aplicativos de namoro para conseguir parceiros: cada vez mais indivíduos que passam dos 50 estão nessas plataformas. O nome do aplicativo que o grupo tem especificamente para essas pessoas é chamado de OutTime e, mensalmente, são 60.000 novas inscrições.

O motivo é que essas pessoas costumam já ser separadas e, como não saem tanto, preferem procurar alguém virtualmente. Havendo até mesmo a versão para computadores comuns, a empresa diz que a maioria parte dos seus usuários é de pessoas que têm Android.

Evangélicos

Esse é um segmento que seria difícil de alcançar porque os evangélicos tendem a procurar por relacionamento somente dentre a sua religião. Mesmo assim, o Divino Amor tem tido muito mais downloads.

Como é o Tinder?

Mesmo com os aplicativos destinados a nichos específicos terem bons resultados, é claro que o Tinder ainda é o mais procurado da Match Group. Esse é um app que serve para qualquer tipo de perfil: a pessoa pode logar-se utilizando seu registro do Facebook ou fazer um independente.

No perfil, ela vai selecionar algumas das suas fotos e deixar à vista, podendo fazer sincronismo com Spotify e também com o Instagram, a fim de que os possíveis pretendentes vejam as preferências musicais e os registros de fotos. Conforme uma pessoa é interessante, o usuário dá like: no caso de o interesse ser mútuo, haverá um aviso e surgirá um bate papo para esses usuários. No caso de a conversa não ser boa e de alguém desejar sair da lista de matches, basta desfazê-lo; todos esses são recursos free.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here