Politica

Trump parabeniza Bolsonaro pela vitória nas eleições

0

(Por Reuters)

O presidente dos EUA, Donald Trump, chamou o presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro, no domingo para parabenizá-lo por sua vitória nas eleições e ambos expressaram um forte compromisso de trabalhar juntos, disse a Casa Branca.

Trump e Bolsonaro concordaram em “trabalhar lado a lado para melhorar a vida do povo dos Estados Unidos e do Brasil, e como líderes regionais das Américas”, disse Sarah Sanders, porta-voz da Casa Branca, em um comunicado.

Jair Bolsonaro, o ex-capitão do Exército que venceu as eleições presidenciais do Brasil, disse na segunda-feira que vai afrouxar as leis de armas este ano e planeja visitar Washington D.C. após uma ligação amistosa com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Bolsonaro, que no início de sua carreira legislativa declarou que era “a favor” das ditaduras e exigiu que o Congresso fosse dissolvido, prometeu aderir aos princípios democráticos enquanto segura uma cópia da constituição do país.

Trump disse que teve uma “excelente ligação” parabenizando Bolsonaro e twittou sobre seus planos de “trabalhar em estreita cooperação comercial, militar e tudo mais!”

Os investidores foram rápidos em torcer pela vitória de Bolsonaro, fazendo com que o índice de ações Bovespa do Brasil alcançasse um recorde no início do pregão antes que os preços das ações caíssem, com os comerciantes registrando lucros após uma forte alta neste mês.

Os mercados aumentaram com a ascensão de Bolsonaro nas pesquisas de opinião, enquanto ele prometia fechar rapidamente o déficit orçamentário do país e privatizar as empresas estatais. Os investidores disseram que mais ganhos dependerão de sinais mais claros que ele possa cumprir em uma agenda favorável ao mercado.

Sua eleição alarmou os críticos em todo o mundo, no entanto, dada sua defesa da ditadura militar brasileira de 1964-1985, promete varrer opositores políticos de esquerda e um histórico de denegrir comentários sobre gays, mulheres e minorias.

A vitória de Bolsonaro traz as forças armadas brasileiras de volta aos holofotes políticos depois de passar três décadas no quartel após o retorno do país ao governo civil. Vários generais aposentados servirão como ministros e conselheiros próximos.

“Vocês são todos minhas testemunhas de que esse governo defenderá a constituição, a liberdade e a vontade de Deus”, disse Bolsonaro em um vídeo ao vivo do Facebook em seus primeiros comentários após sua vitória.

O futuro chefe do pessoal do presidente eleito disse à Reuters que sua primeira viagem internacional seria para o Chile, outro país sul-americano que virou para a direita política nas últimas eleições e, logo depois, esperava visitar os Estados Unidos.

Um franco admirador de Trump, Bolsonaro também prometeu realinhar o Brasil com economias mais avançadas, como os Estados Unidos, revendo prioridades diplomáticas depois de quase uma década e meia de governo do partido de esquerda.

Bolsonaro venceu a corrida presidencial com folga, apesar de não ter o apoio de grandes partidos, enquanto explorava a ira dos brasileiros em relação à corrupção e ao crime.

Em uma entrevista na noite de segunda-feira com a TV Record, Bolsonaro ofereceu algumas de suas primeiras medidas concretas em ambas as frentes.

Danieli Mennitti
Possuo graduação e mestrado em História pela UNESP. Faço parte da equipe de redação do portal Resumo. Além de professora e historiadora, sou redatora web freelancer/autônoma. Interesso-me e escrevo sobre os mais variados assuntos.

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Politica