Skip to content
PUBLICIDADE

Bolsonaro, cria comitê para combater a Covid-19 e se diz a favor da vacinação em massa

PUBLICIDADE

Nesta quarta-feira (24), o presidente Jair Messias Bolsonaro, presidentes da Câmera, Senado e STF, ministros e alguns governadores mais alinhados ao governo federal se reuniram em Brasília para traçar um plano de combate a pandemia da Covid-19, um ano após os casos de infecção pelo novo coronavírus serem confirmadas no Brasil.

Dois principais pontos ficaram definidos nesta reunião que só aconteceu após a pressão de vários setores da sociedade, de aliados políticos do presidente e principalmente dos empresários que passaram a cobrar uma posição do presidente Bolsonaro diante do agravamento da pandemia da Covid-19.

A conclusão é de que se faz necessário a união entre Poderes e uma coordenação nacional para o enfrentamento da pandemia.

PUBLICIDADE

De acordo com o presidente Bolsonaro na reunião ficou bastante claro que todas as autoridades acreditam que a vacinação em massa é a principal aliada para o combate da pandemia da Covid-19.

O novo ministro da Saúde Marcelo Queiroga falou que a harmonia entre os poderes é essencial neste momento e ressaltou a importância de ter um plano de fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS), com um trabalho bem articulado para que a vacinação possa acontecer o mais rápido possível.

PUBLICIDADE

“O sistema de saúde do Brasil dará as respostas que a população brasileira quer, sobretudo depois de uma reunião como essa”; afirmou Queiroga.

O que a população aguarda é que tenha vacinas disponíveis o quanto antes para que possa retomar suas atividades com segurança, o que neste momento não é possível diante do colapso no sistema de saúde.

Via: jovempan.com.br

PUBLICIDADE