Skip to content

TRETA!Ex de Marocas interrompe noivado e chama Samuca para duelar contra ele

O noivado de Samuca e Marocas vai ser abalado por um barraco daqueles na novela das 7 “O Tempo Não Para”. Bento, que nada mais é do que o ex-noivo da jovenzinha, vai invadir com tudo a festa e obrigar que a bela honre o compromisso de se casar com ele. Para conseguir isso, o ex-congelado jovem rapaz do século XIX vai bofetear Samuca com sua luva e vai desafiá-lo para um combate.

PUBLICIDADE

Depois de pegar a filha no flagra beijando Samuca, Dom Sabino irá finalmente aceitar o pedido de casamento e vai persuadir Agustina, que a priori vai se opor a esse enlace. A festa será em um restaurante chique, uma vez que o empreendedor não abrirá mão de manter a discrição para impedir a presença do jornalista sensacionalista Pedro Parede.

“Quem mais vem?”, questionará Elmo.”Só a gente. Ninguém mais sabe do noivado. Não quero a imprensa aqui”, falará Samuca, sem sonhar que Zelda, a pedido de Betina, deu o endereço do local da celebração para o blogueiro, que por sua vez vai registrar tudo.

“Eu solicito a atenção de todos. Tenho um pedido a fazer para Dom Sabino e à Dona Agustina”, declarará Samuca. Nesse instante, Bento adentrará no salão apressado, no que Helen tentará contê-lo, mas sem sucesso.

“Bento, não!Para com isso, você não pode!”, afirmará a psiquiatra. “Eu estou aqui, Marocas!Eu voltei!”, falará o poeta. “Quem é esse cara?”, questionará o empresário.”O que você está fazendo aqui, seu celerado?”, perguntará atônito Dom Sabino.

O ex-noivo de Marocas vai chegar perto do jovenzinho para falar que não vai largar mão de se casar com a moça.”Samuel Tercena, eu presumo?”, concluirá Bento, que vai tirar uma de suas luvas e esbofeteará a face de Samuca com ela.

PUBLICIDADE

“Eu o desafio para um duelo”, vai anunciar, na cena que terminará o capítulo transmitido no dia 1º de setembro.

“Bento, eu vou te matar!Com mais de um século de atraso”, ameaçará o patriarca da família Sabino, ensandecido. “Então esse é o Bento”, cairá em si o filho da poderosa Carmen. “Ela estava prometida a mim!”, enunciará Bento, apontando para a bela Marocas. “Cavalheiro, eu estou à sua disposição”, completará.

“Acho que ele tá te chamando pro pau”, deduzirá Elmo. “Esse cara tá louco”, dirá Samuca, sem acreditar no que está acontecendo.”E ainda me ofende!Escolha as armas, os seus padrinhos. Eu estou disposta a matar ou a morrer pela minha Marocas”, persistirá o poeta, antes que ele pudesse ser expulso do restaurante com um murro dado pela própria Marocas.

Samuca dá um beijo caliente em Marocas e eles quase transam

Os beijos trocados por Marocas e Samuca ficarão cada vez mais ousados e intensos. Por muito pouco eles não acabam rompendo o voto de castidade antes do matrimônio. Resoluto em seguir certos costumes existentes no século XIX, o jovem empresário compreenderá que o sexo só vai acontecer após o casamento, porém ele dará uma escapulida na pensão durante à noite, para matar um pouquinho das saudades da moça e ela quase cederá aos ímpetos dele.