Skip to content

Agenor é expulso com tudo do restaurante depois de boicotar Nice – Segundo Sol

Vai cair a máscara de Agenor e ele vai sair enxotado do restaurante na novela das 9, Segundo Sol. Cacau vai acabar descobrindo que Agenor boicotou um dos pratos de Nice e vai demiti-lo do emprego. Depois desse tiro ter saído pela culatra, o garçom sentirá o impacto e fará mil promessas de mudança de postura e comportamento com a mulher.

PUBLICIDADE

Indignado com o sucesso de Nice no estabelecimento, ele tornará um vidro inteirinho de azeite de dendê na panela da pobre cozinheira sem que ela veja. Contudo, a cena será percebida por um dos cozinheiros presentes, que vai chamar Cacau então.

“Eu sempre desconfiei… Mas agora eu tenho certeza! Foi o senhor, quando dona Nice começou a trabalhar aqui, que salgou a comida que ela fez, não foi? O senhor nunca quis que ela viesse trabalhar aqui, tentou impedir de todas as maneiras, me deu um monte de desculpas. Por que isso, seu Agenor? Por que quer destruir o trabalho de sua mulher? É inveja do talento dela? Despeito porque dona Nice é uma pessoa querida por todos?”, perguntará a chef.

Completamente envergonhada, Nice vai se esvair em lágrimas e, mesmo depois do flagra, ele ainda vai tentar culpar Nice pelo ocorrido. “A senhora deve de tar cega e avariada das ideias! Nice não presta, é uma tonta, a senhora ainda vai se arrepender”, falará o garçom misógino.

“Chega! Não quero ouvir mais nada! O senhor não passa de um mau-caráter encrenqueiro e asqueroso, eu não posso ter um funcionário em quem eu não confio, que sabota meu restaurante! O senhor tá demitido, seu Agenor, rua!”, dirá toda brava a irmã de Luzia.

“Você tá vendo a confusão que me arrumou, não tá, Nice?”, falará ele com seu jeito brucutu como de costume.

PUBLICIDADE

Nicer retornará para seu lar temendo a reação do esposo, contudo ela se surpreenderá com um “novo Agenor”. Ele vai querer saber notícias das filhas e dará um beijo na esposa, fazendo com que a cozinheira fique com uma pulga atrás da orelha. Agenor notará o jeito cabreiro de Nice e contará que ele se transformou.

“Eu sei que errei, Nice, errei muito. Acho que já nasci errado. Mas não quero perder você, eu posso mudar, melhorar”,desabafará ele. Nice obviamente desconfia e declara que é muito complicado acreditar em uma transformação assim tão súbita.

“Se você não me deixar tentar, não me ajudar, nunca vai saber. Eu quero ser um bom marido pra você, um bom pai pras meninas. Eu fui um idiota a vida toda, fui burro de não ver o valor de minha família, de não ver seu valor, Nice”, assumirá Agenor.

“E de uma hora pra outra deu uma luz em sua cabeça!”, falará ela toda desconfiada.

“Acho que foi a solidão, eu nunca parei, sempre pra lá e pra cá preocupado com tudo, as contas, as menina, você… Nunca pensei, só trabalhei, trabalhei, me cobrando de ser um bom chefe de família, mas agora, o que que eu tenho? Nada! E essas crianças que vem aí, nossos netos… Não quero saber deles só de ouvir falar. Estou pedindo uma segunda chance, Nice, só isso.”