Skip to content
PUBLICIDADE

Tristeza: Menina de 6 anos que sofreu agressão pela mãe e madrasta não resistiu aos ferimentos e morreu

PUBLICIDADE

Recentemente, foi noticiado sobre uma criança de apenas 6 anos de idade que foi brutalmente agredida por sua própria mãe e madrasta. A menina está internada, em estado gravíssimo, tamanho foram os ferimentos causados em seu corpo. O caso aconteceu na região de Porto Real, no Rio de Janeiro.

De acordo com as autoridades, a criança foi agredida com diversos socos, chutes, pontapés e até mesmo um cabo de televisão. A mãe e a madrasta foram presas e confessaram o crime.

Segundo a mãe, a motivação para agredir a criança teria sido o ciúmes que a madrasta sentia em relação a menina. As duas estão presas no Instituto Penal Santo Expedito, localizado em Bangu.

PUBLICIDADE

O relatório médico informou que o estado de saúde da criança é considerado gravíssimo.

“A paciente teve deterioração das funções vitais nas últimas 12 horas apresentando hipotermia, hipotensão arterial e queda do volume urinário.”, informou o boletim.

PUBLICIDADE

Um dos médicos que está responsável pela criança concedeu entrevista e contou que o risco de morte é evidente. A única esperança é por se tratar de uma criança. Geralmente, crianças apresentam recuperações melhores. O médico ainda explicou que uma lesão cerebral está causando todos os efeitos na menina. Ademais, existe um risco de a menina ficar em estado vegetativa pelo o resto de sua vida. Ele revelou que a menina chegou com sinais de tortura e queimadura.

A sessão de tortura contra a criança começou em uma sexta-feira e terminou apenas segunda-feira.

Atualização

PUBLICIDADE

A menina não resistiu às complicações e faleceu neste sábado, dia 24 de abril.

Muitos pedem para que haja justiça no caso.

Via: extra.globo.com