Skip to content

Tragédia: menino de 11 anos morre vítima de descarga elétrica enquanto mexia no telefone que estava conectado na tomada

Matheus Macedo Campos, uma criança de apenas 11 anos de idade, morreu vítima de uma parada cardiorrespiratória causada por uma descarga elétrica. O menino chegou a ser socorrido, mas não resistiu e teve a morte declarada no Hospital Municipal Dr. Alberto Tolentino Sotelo.

PUBLICIDADE

De acordo com familiares, o menino estava na varanda com primos quando recebeu a descarga. Matheus estava brincando com um aparelho celular e familiares acreditam que as crianças estavam com vários telefones conectados a um benjamim.

Ainda de acordo com informações da família, Matheus estava deitado sobre uma toalha no chão no momento em que foi eletrocutado. Os outros primos não receberam a descarga elétrica. O menino foi socorrido na hora.

A família acionou o Samu, mas antes da chegada da ambulância decidiram levar o menino para o hospital em um carro particular. Em uma esquina, a família encontrou a ambulância e fizeram a transferência do menino.

Na ambulância, os socorristas conseguiram reanimar a criança e fazer seu coração voltar a bater. No hospital, no entanto, Matheus sofreu uma nova parada e os médicos não conseguiram reanimá-lo.

O caso alerta para os riscos de descargas elétricas em períodos chuvosos. O uso de aparelhos conectados a tomada é desencorajado. A Anatel também alerta sobre o uso de carregadores piratas, não homologados, o que aumenta o risco de acidentes.

PUBLICIDADE

O uso de adaptadores, os populares “benjamins”, também pode aumentar os riscos de acidentes associados a descargas elétricas.