Skip to content

Após ameaçar ‘encher a boca’ de repórter de ‘porrada’, Bolsonaro chama jornalistas de ‘bundões’ em frase polêmica

O presidente do Brasil Jair Bolsonaro falou através do encontro “Brasil vencendo a Covid-19”, transmitido hoje, segunda-feira (24), que se um jornalista “bundão” da imprensa contrair o coronavírus, sua chance de sobrevivência é bem pequena.

PUBLICIDADE

Relembrando: Os registros mostram que atualmente são 3,6 milhões de casos confirmados no país e, junto a isso, 114 mil mortes no Brasil, de acordo com atualizações divulgadas até o momento da publicação desta matéria.

No contexto dito pelo presidente, Bolsonaro inicia relembrando dos anos da década de 70, quando salvou a vida de um parceiro que estava com ele na ativa no Exército.

Jair Bolsonaro menciona na frase que era um dos atletas das Forças Armadas e ainda faz referência a uma frase dita por ele anteriormente, em um pronunciamento feito dia 24 de março, que viralizou muito na internet.

A famosa frase é sobre seu “histórico de atleta”, na qual o presidente reafirma no encontro desta segunda-feira, que quem tem este tipo de histórico não precisa se preocupar com o vírus da Covid-19.

Após falar do seu histórico no atletismo e da sua juventude quando atuou no Exército Brasileiro, Bolsonaro soltou uma frase que repercutiu nas redes sobre a covid em jornalistas: “Quando pega num bundão de vocês, a chance de sobreviver é bem menor”.

PUBLICIDADE

Se referindo a profissionais da imprensa, que sempre levam as falas do mesmo para o lado do “deboche” (em suas palavras), o presidente diz que grande parte dos jornalistas usam uma “caneta com maldade”, mas também alega que existem exceções. Veja no vídeo abaixo a fala do presidente: