Skip to content
PUBLICIDADE

Tio que acolheu trigêmeos órfãos por conta da Covid-19 é surpreendido com ajuda até dos EUA

PUBLICIDADE

Douglas Junior Faria Amaral se comprometeu em cuidar de seus três sobrinhos trigêmeos, logo após eles terem perdido a mãe para a COVID-19 e o pai em um acidente de carro. O vendedor de apenas 26 anos irá se responsabilizar com os cuidados dos três pequenos. A avó deles também morreu de COVID-19.

Douglas contou que tem recebido diversas doações para auxiliar na criação e no conforto dos trigêmeos. Diversos alimentos foram doados. Além disso, materiais de construção, como tijolos e azulejos. Tudo isso será destinado para complementar sua casa com um novo quarto e um novo banheiro para o maior conforto dos trigêmeos.

Não apenas os materiais foram oferecidos, como muitos se disponibilizaram para auxiliar na construção da casa, sem cobrar pelo o serviço, pedreiros e eletricistas se juntaram e ofereceram o trabalho sem custos. Até mesmo um arquiteto realizou um projeto e não cobrou nada por isso.

PUBLICIDADE

O tio dos três meninos relatou o quanto está feliz por toda essa ajuda, sentindo muita gratidão. O vendedor ainda contou que recebeu ajuda até mesmo de pessoas que moram nos Estados Unidos. Um morador dos EUA viu a reportagem publicada em um site de notícias, contatou a família e imediatamente se disponibilizou a ajudar.

Douglas ainda relata algumas preocupações. Uma delas é com o estudo dos trigêmeos. Ele tem esperança de conseguir uma bolsa de estudo para os três. Ademais, o vendedor relatou preocupação com o psicológico dos pequenos.

PUBLICIDADE

Luana Amaral, sua esposa e ele, lutam pela guarda definitiva dos pequenos, Paulo, Pedro e Felipe.