Skip to content
PUBLICIDADE

Pai do menino Henry Borel abre conta no Instagram em homenagem a criança e compartilha fotos familiares

PUBLICIDADE

Leniel Borel usa as redes sociais para enfrentar o luto de perder o filho, de apenas 4 anos. O arquiteto havia passado o domingo (07) com o menino, quando por volta de 4h30 da madrugada de segunda (08), recebeu uma ligação da ex-mulher.

Monique Medeiros avisava ao ex-marido que estava correndo para o hospital com o pequeno Henry. Ela afirmou, num primeiro momento, que o menino apresentava dificuldade para respirar. No entanto, o caso era mais grave e Henry teve a morte declarada no hospital.

Leniel agora cobra das autoridades que as investigações revelem o que aconteceu. Monique namora com Jairo, o dr. Jairinho, vereador do Rio de Janeiro. Os dois estavam em casa na companhia da criança quando a morte misteriosa aconteceu.

PUBLICIDADE

Exames de necrópsia apontam que Henry foi morto por “ação contundente”, o que indica agressão, dentro da literatura técnica. Agora a polícia checa câmeras de segurança e vai ouvir testemunhas em depoimento.

CONTA NO INSTAGRAM

PUBLICIDADE

Leniel Borel abriu uma conta no intagram em homenagem ao filho, onde compartilha imagens de momentos íntimos vividos em família. Borel agora afirma que sua única meta é descobrir a verdade por trás da morte do filho.

“Henry era perfeito. As palavras são poucas para definir meu filho. É muito para um pai receber um laudo do IML como esse. Só quero saber o que houve com ele”, escreveu Leniel.

O menino passou por tentativas de reanimação no hospital, mas já era tarde.

PUBLICIDADE