Skip to content
PUBLICIDADE

O choro é livre! Mulher é acusada pelas vizinhas de ‘constranger casais’ por circular de “shortinho” em condomínio de Brasília

PUBLICIDADE

Um moradora de um condomínio localizado na cidade de Brasília recebeu um e-mail das vizinhas exigindo que ela comece a se vestir de maneira adequada.

A técnica de laboratório, identificada como Najhara Noronha, de 35 anos, estava em casa, estudando quando recebeu um e-mail assinado pelo “Conselho de Mulheres”, que a deixou perplexa.

O título da mensagem já chamou a atenção “Solicitação de vestuário apropriado”, no corpo do e-mail havia um pedido das vizinhas para que Najhara passe a se vestir de maneira “adequada”, que não transite pelo condomínio com “vestes que não sejam bermudas”, segundo o “Conselho de Mulheres”, a técnica em laboratório está deixando os casais constrangidos com a sua vestimenta.

PUBLICIDADE

Na mensagem fica claro que a moradora não deve usar roupas de academia ou mesmo shortinhos. Najhara imediatamente procurou saber que havia enviado o e-mail, procurou por alguns funcionários do condomínio que não faziam ideia de onde a mensagem partiu e que desconhecem o tal “Conselho de Mulheres”.

E-mail enviado para moradora do Sudoeste em Braslia pede que mulher no use shortinhos em reas comuns Foto Reproduo

PUBLICIDADE

Najhara entrou em contado com seu advogado para que ele possa analisar o caso e tomar as medidas cabíveis. Ela entrou em contato com o síndico do condomínio que até a manhã desta quinta-feira (18), não havia respondido seus questionamentos.

Ao ‘G1’ Najhara mostrou toda a sua indignação diante da exigência que lhe foi feita:

“A questão de um grupo de mulheres, ou apenas uma mulher, se achar no direito de definir o que eu posso vestir ou não, não há nada que justifique um comportamento desses”, diz Najhara.

PUBLICIDADE