Skip to content

Mulher é presa acusada de esfaquear o marido, porque o homem insistia em mexer em seu telefone

Uma mulher de 27 anos acabou sendo presa por golpear o marido com uma faca. De acordo com a polícia, o casal estava discutindo por conta de ciúmes do homem, que insistia em mexer no telefone da mulher.

PUBLICIDADE

Em um determinado momento da discussão, a parceira acabou se armando com uma faca e golpeou a perna do companheiro. O crime aconteceu em Rondonópolis, no Mato Grosso. A mulher foi presa em flagrante no local do ocorrido.

O homem recebeu socorro pelo Samu e passa bem. De acordo com as primeiras alegações da mulher, ela teria se irritado com as suspeitas do marido, que a acusava de manter conversas com outros homens no telefone.

Caso abre espaço para discussão

Mesmo em um relacionamento formal, um casal não pode ultrapassar os limites do direito à privacidade um do outro, de acordo com a Lei 12.737/2012. Isso significa que uma pessoa não tem o direito de acessar o telefone celular do parceiro apenas por estar casado, por exemplo.

Esse tipo de prática, se denunciada, pode configurar crime. Então é realmente algo que deve ser conversado de acordo com cada caso e o mais apropriado é que haja um acordo prévio em relação a esse tipo de coisa.

PUBLICIDADE

Aparelhos de telefone contém dados pessoais e privados que não necessariamente se estendem ao relacionamento como um todo.

No caso relatado na reportagem, a mulher cometeu crime de lesão corporal e, independente da motivação, deverá ser punida por isso.

PUBLICIDADE