Skip to content

Mulher é atropelada e morta pelo próprio carro em Curitiba

kamilla medeiros fatalidade

Um caso muito curioso chamou a atenção da mídia no último final de semana, onde uma mulher da cidade de Curitiba, veio a falecer após ser atropelada pelo próprio carro.

PUBLICIDADE

A vítima identificada como Kamilla Medeiros, era uma dentista de 33 anos. Ela entrou em óbito no último domingo (22 de julho), na Avenida Vicente Machado, no bairro nobre do Batel.

O acidente fatal aconteceu em uma clínica de estética e nutrição do bairro, quando a mesma iria entrar no local, que havia a necessidade de abrir o portão manualmente.

Esta clinica segundo relatos de uma prima que realizou uma publicação no Facebook, era o local onde em poucos dias Kamilla iria inaugurar o seu próprio consultório odontológico.

PUBLICIDADE

Entenda o caso da fatalidade

Na segunda feira (23 de julho) o Dedetran de Curitiba, Delegacia de Delitos de Trânsito, realizou a abertura de um inquérito para que a morte fosse investigada, porém ao que tudo indica, a hipótese mais condizente com a situação é que o caso foi uma fatalidade.

Segundo relatos da Polícia Civil que foi chamada até o local, a dentista Kamilla Medeiros dirigia um veículo com câmbio automático. Ao haver a necessidade de descer do carro para abrir o portão que da acesso a garagem ao fundo, ela acabou esquecendo o mesmo engatado, onde ao se dirigir para o portão, foi atropelada.

PUBLICIDADE

Porém a polícia ainda irá ouvir alguns familiares da vítima antes de finalizar o caso.

Quando o Corpo de Bombeiros de Curitiba chegou ao local, avistou a mulher embaixo do carro, onde até o momento foi concluído que a principal causa da morte, foi por asfixia.

O responsável pela chamada de socorro foi um vizinho da clínica, que chegou a ouvir os gritos da mulher, mas ao chegar ao local viu que a mesma já havia sido prensada contra a parede.