Skip to content

Luto: morre de Covid-19 a pastora que chamou coronavírus de ‘farsa’; o marido faz triste desabafo

Brian Lee Hitchens é motorista de táxi na Flórida, Estados Unidos, e ele era casado com Erin, a pastora que chegou a dizer que o coronavírus é uma “farsa”, só que ela foi infectada e acabou morrendo, vítima da doença.

PUBLICIDADE

Para o motorista, as notícias sobre a pandemia causada pelo novo coronavírus eram uma farsa, por isso ele e a esposa nunca se preocuparam em tomar os devidos cuidados para não serem infectados.

O casal achava que tudo não se passava de uma grande teoria da conspiração que vinha sendo divulgada nas redes sociais, ou no máximo uma gripe que não poderia fazer mal a ninguém. Quando foram infectados e começaram a apresentar os primeiros sintomas, Brian e Erin não procuraram ajuda médica.

À medida que os dias foram passando, Brian começou a dar sinais de melhora, mas sua esposa de 46 anos não conseguia reagir e o quadro dela piorava cada vez mais. Erin era pastora e acabou vindo a óbito, para desespero de seu marido.

Casal em festa antes da pandemia. Foto: Reprodução/Facebook

Arrasado, Brian deu uma entrevista à BBC News e mostrou-se profundamente arrependido por não ter acreditado na gravidade da doença, pois, se tivesse tomado os devidos cuidados, hoje teria a esposa ao seu lado.

Ele explicou que, quando começaram a surgir as primeiras notícias sobre a Covid-19, pensou que era só para desviar a atenção da população. A esposa pensava da mesma forma e assim os dois decidiram não seguir os protocolos de saúde e segurança.

PUBLICIDADE

Via: msn.com