Skip to content
PUBLICIDADE

Estagiária de enfermagem, morre vítima de Covid-19 aos 24 anos no interior de SP, pai permanece intubado com a doença

PUBLICIDADE

A jovem era estagiária de de enfermagem, e atuava no Hospital Adib Janete. Ao G1, o namorado dela, Aaron Fabrício Pacheco da Silva, também de 24 anos, cedeu uma entrevista ao G1, onde falou sobre Natália. Em suas palavras, ele disse que ela foi permanecia internada na UTI.

No qual ela passou 15 dias intubada, depois de ter apresentado uma melhora, começou a ter o uso de oxigênio reduzido aos poucos. Em suas palavras, Aaron falou que ela sofreu duas paradas cardiorrespiratória, causada pela troca de emergência para a UTI.

Natália, já tinha o pulmão inteiro comprometido. Logo após das noticias, uma rede foi mobilizada e metade da cidade entrou em oração, pela estagiária. Quando ela apresentou uma melhora no quadro de saúde, os médicos informaram que iam dar inicio a retirada da sedação dela.

PUBLICIDADE

O pai de Natália, Geraldo Rodrigues também foi hospitalizado com a mesma doença, no mesmo dia que ela também foi intubada. Mas na ocasião, a família preferiu não contar a jovem, por ela já ter passado por uma crise de ansiedade. Mas Natália acabou por saber no último dia 15. Mas neste sábado às 5h ela não resistiu.

Aaron, em suas palavras contou que a namorada estava sendo levada para a UTI da Santa Casa, para realizar uma tomografia, para verificaram o grau da sequela da parada. Ele conta ainda, que recebeu uma ligação, que ela nao estava passando bem.

PUBLICIDADE

Continuando, ele conta que todos ficaram preocupados, mas em nenhum momento perderam a fé. Logo após, souberam que ela acabou pro não aguentar. O namorado ressaltou que foi a pior notícia da sua vida.

 

PUBLICIDADE

Via: g1.globo.com