Skip to content
PUBLICIDADE

Caso Henry: Após depoimento ‘bomba’ da babá, advogado de Jairinho abandona o caso

PUBLICIDADE

Nos últimos dias as investigações sobre a morte de Henry Borel avançaram e muitas informações relevantes vieram à tona. Após a prisão de Jairinho e Monique no último dia 8 de março, sob a acusação de homicídio duplamente qualificado com emprego de tortura, a babá de Henry prestou um novo depoimento.

Henry, de 4 anos, foi assassinado, segundo a Polícia Civil o garoto foi agredido por Jairinho com a conivência de Monique, pois não impediu as agressões.

Thayná, babá de Henry, prestou outro depoimento à polícia onde afirmou que foi coagida pelo advogado de defesa do casal André França Barreto, por Monique, Jairo e pela irmã do vereador.

PUBLICIDADE

Após ser presa, Monique dispensou os serviços de André e está sendo defendida por outros advogados, ela inclusive quer prestar outro depoimento. Ela afirma que também era agredida e ameaçada por Jairinho.

De acordo com Thayná, em uma reunião que aconteceu no escritório de advocacia, André afirmou que era católico como ela e afirmou com veemência que por ela acreditar em Deus, “tinha que falar para o mundo o quão pessoas boas eram Monique e Jairinho”.

PUBLICIDADE

Na noite desta quarta-feira (14), o advogado André França renunciou a defesa do vereador no caso, ele alegou que a decisão se deve a um possível “conflito de interesse”, já que também representava Monique.

Entretanto, vale ressaltar que há alguns dias, o advogado afirmou que acreditava na inocência do vereador e de Monique, e que caso seus clientes estivessem mentindo ou ocultando a verdade, deixaria o caso.

 

PUBLICIDADE

Via: oglobo.globo.com