Skip to content

‘Assassino de Golden State’ é condenado à prisão perpétua nos EUA

Um dos serial killers mais conhecidos dos últimos anos nos Estados Unidos, Joseph James DeAngelo, chamado como o “assassino de Golden State”, recebeu seu depoimento e foi condenado à prisão perpétua. Esse caso ficou sem solução por longos anos.

PUBLICIDADE

A condenação do assassino não permite que ele tenha liberdade condicional. O julgamento do serial killer aconteceu 40 anos depois de ele aterrorizar os subúrbios do sul da Califórnia, mais precisamente em Sacramento.

O assassino invadia as casas para abusar sexualmente e torturar mulheres e meninas, além de matar casais e mulheres mais jovens em suas camas. Os crimes de Joseph deixaram um verdadeiro rastro de destruição e deixou assombrados os sobreviventes dos ataques assim como os membros de suas famílias.

A sentença aconteceu na última sexta-feira (21), quando foram completados 40 anos de alguns dos crimes. Houve três dias de depoimentos de dezenas de homens e de mulheres que sobreviveram aos ataques dele.

Também participaram do julgamento membros da família das vítimas que não sobreviveram ao crime. Por conta da participação desses membros, Michael Bowman, juiz que cuidou do caso, disse estar comovido com toda a força, coragem e graça deles.

A sentença do julgamento foi dada em um salão de uma universidade local. Esse salão foi o escolhido por ter espaço suficiente para alocar cadeiras distantes umas das outras, tanto dos sobreviventes, como dos familiares, dos advogados, dos agentes policiais e dos profissionais de imprensa.

PUBLICIDADE