Skip to content
PUBLICIDADE

A casa caiu? Ex-esposa de Jairinho vai prestar depoimento como testemunha no caso Henry: ‘agressão e sofrimento’ – Vídeo viraliza

PUBLICIDADE

Mesmo com todas as manobras dos advogados de defesa de Jairinho e Monique, respectivamente, padrasto e mãe do menino Henry Borel, de 4 anos, que deu entrada sem vida em um hospital no Rio de Janeiro, na madrugada do último dia 8 de março, as investigações seguem a todo vapor para desvendar o que realmente aconteceu com aquela criança indefesa.

Nesta quinta-feira (8), a morte violenta de Henry completa um mês ainda cercada de muitos mistérios, mas a Polícia Civil do Rio de Janeiro vê indícios de um crime e não vai deixar passar impune os responsáveis pela partida precoce do garotinho.

Os advogados de defesa do vereador carioca e da mãe de Henry, entraram com uma petição junto a Justiça do Rio de Janeiro, tentando desqualificar todo o trabalho da polícia alegando que o delegado responsável pelo caso está perseguindo o parlamentar.

PUBLICIDADE

Entretanto, uma testemunha chave deverá prestar depoimento nas próximas horas e fazer com que a elucidação do caso fique mais próxima. Trata-se da ex-esposa de Jairinho, Ana Carolina Neto.

Ana Carolina será ouvida pois ela denunciou o vereador por violência doméstica e agressão física no ano de 2014, contudo, o inquérito foi arquivado sem investigação.

PUBLICIDADE

Uma reportagem exibida pelo telejornal da TV Globo, ‘RJ2’, nesta quarta-feira (7), mostra que após 4 meses da denúncia, o caso simplesmente foi arquivado pelo Ministério Público sem que nenhuma testemunha fosse ouvida.

O que Jairinho tem para esconder? Quais são as revelações que Ana Carolina pode fazer a polícia para ajudar a desvendar a morte de Henry? Veja a reportagem completa no vídeo abaixo:

ASSISTA O VÍDEO AQUI

PUBLICIDADE