Skip to content
PUBLICIDADE

Luto na Record: funcionário muito querido foi intubado por coronavírus, mas não resistiu

PUBLICIDADE

Na emissora Record do Rio de Janeiro o clima é de tristeza absoluta. Infelizmente, os funcionários tiveram que lidar com a perca de um querido colega de trabalho que certamente auxiliou a muitos dentro dos estúdios. Conhecido apenas como Edinho, ele atuava como motorista. A causa de sua morte foi apontada como COVID-19, se tratando de mais uma vítima desta cruel doença que está atuando de maneira fatal em nosso país.

Edinho chegou a passar uma semana no hospital, estando intubado e lutando por sua vida. Mas, infelizmente ele não resistiu. Sua morte ocorreu no sábado passado, dia 20 de março. Todos estão de luto.

Este foi registrado como o primeiro caso de morte da doença na emissora do Rio de Janeiro. Alguns funcionários chegaram a testar positivo e foram afastados do trabalho. Colunistas chegaram a tentar entrar em contato com a emissora, mas não obtiveram sucesso nas respostas.

PUBLICIDADE

Infelizmente, o Brasil, está vivendo o pior momento desde o início da pandemia. Recordes de mortes estão sendo quebrados de maneira diária e a marca de 300 mil mortes chegou a ser atingida. Por este motivo, é essencial continuar tomando o máximo de cuidado possível, utilizando álcool em gel, máscara e evitando sair de casa, apenas saindo, quando for realmente necessário.

Nesta situação, a frase que melhor se aplica é que cuidado nunca é demais. Cuide da sua vida e não exponha os outros ao vírus.

PUBLICIDADE