Skip to content

Técnico Aguirre tranquiliza torcedores do São Paulo e acredita nas chances do título

set 25, 2018

Diego Aguirre buscar acalmar os torcedores do São Paulo que ficaram preocupados após o empate na própria casa com o América-MG, nesse último sábado.

“Se acaba hoje, somos campeões. Por que se apavorar? Não entendo – disse o treinador uruguaio, à TV Globo.

“O São Paulo está na liderança, apesar de ter perdido pontos importantes que não deveria. Mas são coisas que acontecem. Temos que olhar para a frente e defender essa condição de privilégio que temos. Faltam 12 jogos e vamos brigar, tenho confiança no time”, acrescentou.

Nessa segunda-feira, Raí já havia falado que não há razões para se desesperar. O São Paulo possui só a 11ª melhor campanha do segundo turno, porém continua liderando o Brasileirão, um ponto a mais que o Palmeiras e o Internacional.

A despeito das falas tranquilizadoras, o escorregão perante o América-MG foi encarado internamente como o resultado mais terrível da equipe na competição e acendeu o sinal de alerta: todos no time tem ciência de que é urgente mandar ver contra o Botafogo, às 16h de domingo, no Nilton Santos.

Conforme falou o técnico Aguirre, há chances consideráveis de Everton retornar à equipe no final de semana. O atacante ficou de fora nessa última rodada por conta de uma fibrose na coxa esquerda e exibiu evolução ao correr no campo nesta terça.

“É provável que Everton possa estar nesse jogo. Senão com certeza vai estar na semana seguinte (contra o Palmeiras, no Morumbi). Vai ser uma decisão mais dele que nossa, depende de como se sentir”. Com informações de o Lance!

Mais do Tricolor: Raí permanece confiante e assegura que o São Paulo chega lá

O São Paulo empatou no estádio do Morumbi com o América-MG, nesse último sábado, e possui apenas a 11ª melhor campanha do segundo turno do Campeonato Brasileiro. Segundo informações do site Infobola, site do matemático Tristão Garcia, o líder São Paulo detém menores chance de título (22%) do que a equipe do Palmeiras (36%) e Internacional (33%). Todavia Raí, diretor-executivo de futebol do clube, assegura que não há razão para desespero.

“O fato, fora os estudos, é que faltam 12 rodadas e o São Paulo está na liderança. Tem um ponto à frente e tem um grupo muito forte, em campo e mentalmente, comprometido entre eles. É um grupo maduro e muito solidário. Eles se sentem bem juntos, isso é importantíssimo. É difícil medir uma probabilidade, saber quem vai vencer. A gente está otimista e a briga vai ser grande. É natural que existam estudos, que se vislumbre um campeonato bastante equilibrado, esse é o normal. A gente sabe que agora está no sprint final” – disse o dirigente Raí, durante uma entrevista à Rádio Globo nesta segunda-feira.

“A gente teve um jogaço contra o Atlético-MG (derrota por 1 a 0). A gente sabe que houve sequências melhores do que a desses últimos jogos, mas nosso time conseguiu um padrão de jogo. No sábado teve várias chances de matar o jogo, foi até melhor no segundo tempo do que no primeiro, mas o futebol muitas vezes não perdoa quando você não mata o jogo. A torcida obviamente fica chateada, mas eles podem ter certeza de que o grupo que trouxe o São Paulo até a liderança está forte, está com o otimismo intocável e vamos assim até o fim”, acrescentou. Com informações do Lance!