Skip to content

Sánchez sai em defesa de Bryan e se posiciona sobre impeachment no Santos

Uruguaio defende Bryan Ruiz no Santos

Sánchez tomou uma atitude que não é comum entre jogadores de futebol. Em entrevista coletiva na última sexta-feira, ele não ficou em cima do muro e falou sobre o impeachment de José Carlos Peres

O uruguaio, que chegou ao Peixe depois da Copa do Mundo, saiu em defesa do dirigente e disse torcer para o presidente seguir no clube.

PUBLICIDADE

“Como jogador do clube, temos que estar por dentro, mas não é algo que preocupa. Não cabe a mim o presidente, mas tratar de focar em campo, trabalhar, melhorar e poder ganhar. Esse é o objetivo, depois o que passe “acima” não me incumbe, não me interessa. Tratamos de ter algo definido, é o presidente quem manda em tudo, que siga (Peres) e que ele tenha a confiança que ele me deu aqui”, disse Sánchez, no CT Rei Pelé.

Após ser aceito pelo Conselho Deliberativo do Santos dois pedidos de impeachment do presidente, neste sábado os sócios decidem se José Carlos Peres continua ou não na presidência do Alvinegro.

Meia defende Bryan Ruiz

PUBLICIDADE

“Com confiança e minutos, vai ser quem todos conhecem. Esperamos ajudá-lo. Para ele é algo novo, a gente se apoia e que ele possa render da melhor forma. Joga uma vez, outra não, às vezes é difícil jogar o que pode em 10, 20 minutos, difícil demonstrar em pouco tempo em campo. Com pouco de confiança vai mostrar o jogador que é”, disse Sánchez, sobre o costa-riquenho.