Skip to content

Goiás ganha do Paysandu e continua na liderança da série B

Goiás permanece na cola do líder do Campeonato Brasileiro, pela Série B, entretanto comeu o pão que o diabo amassou nos últimos minutos do confronto com o Paysandu, nesta sexta-feira. Todavia ele mal imaginaria que pudesse rolar o gol olímpico de Giovanni, que assegurou a vitória do Esmeraldino por 3 a 2, no Estádio da Curuzu.

PUBLICIDADE
Reprodução/ (Foto:Divulgação/Paysandu)Foto: LANCE!

Além do meia em questão que brilhou muito e desempatou o placar, Lucão, com um gol lindão, e Rafinha fizeram gol para o time goiano. Para o Papão, Mike e Thomaz.

Com esse resultado, o time de Ney Franco continua na vice-liderança, contabilizando 49 pontos, enquanto que, por outro lado, o time de João Brigatti se desloca para a zona de rebaixamento, com 31 pontos somados e ruptura na sequência de jogos sem sofrer derrotas.

Foi o Paysandu que inicou a liderança nas ações do jogo, contudo, a eficiência ficou nas mãos, ou melhor, nos pés do Goiás. No primeiríssimo chute, o artilheiro Lucão mandou aquele golaço, aos sete minutos de partida.

Depois de ter saído na frente, o Papão continua com a posse de bola e faz uma passes pelo campo. Até o momento em que Hugo Almeida é jogado pela direita e mandou o cruzamento na medida para Thomaz, que dá uma cabeçada para o gol.

Ainda que o marcador estivesse igualado, o Esmeraldino não ficou amedrontado e permaneceu com o mesmo estilo. Tanto é que continuou à frente de novo.

PUBLICIDADE

Ernandes começa uma jogada pela esquerda, Maranhão aproveita a chance com a bola e cruza na segunda trave, até o instante no qual Rafinha, livre de marcação, desviou de cabeça para o fundo do gol.

No retorno do intervalo, o técnico João Briagatti bolou uma estratégia para que o time reagisse. Entretanto, o Goiás foi fulminante e com somente um minuto, Giovanni cobrou escanteio bem cerrado, e o goleiro do Paysandu saiu mal do gol e tomou o gol olímpico. Após esse lance, os goianos passaram a controlar a partida, contudo a falha comprometeu a harmonia.

O Papão foi bem no jeito “mineirinho”, comendo pelas beiradas. Com essa atitude, encontrou o gol com Mike, que mandou um chute rasteiro, a bola foi para o canto direito, sem força demais, e o goleiro Marcos aceitou.

Depois de reduzir a diferença, os visitantes se fecharam e investiram no contra-ataque. Porém o time de João Brigatti não foi capaz de arrancar o empate dentro de casa e saiu perdendo.

Na 30ª rodada, o Goiás encara o Londrina, às 20h30, na terça-feira, no Olímpico. O Paysandu viaja para Alagoas jogar contra o CSA, às 21h30, no Rei Pelé pelo Campeonato Brasileiro.

Estatística do jogo

GOIÁS 3 x Paysandu 2

Local da disputa: Estádio da Curuzu, em Belém (PA)

Data da partida: 28 de setembro de 2018, sexta

Horário do jogo: às 19h15 (no horário de Brasília)

Árbitro responsável: Bruno Arleu de Araujo (RJ)

Assistentes: Luiz Claudio Regazone (RJ) e Carlos Henrique Cardoso de Souza (RJ)

Cartões amarelos: Mike (Paysandu)

Gols da partida

Paysandu: – Thomaz, aos 33 minutos do 1º tempo

                       – Mike, aos 22 minutos do 2º tempo

Goiás: – Lucão, aos 8 minutos do 1º tempo

              – Rafinha, aos 40 minutos do 1º tempo

              – Giovanni, a 1 minuto do 2º tempo

Escalação do Paysandu

Jogadores: Renan Rocha; Maicon Silva, Perema, Fernando Timbó e Diego Matos; Nando Carandina, Renato Augusto (Alan Calbergue) e Pedro Carmona (Diego Ivo) ; Thomaz (Romarinho), Mike e Hugo Almeida

Técnico do time: João Brigatti

Escalação do Goiás

Jogadores: Marcos; Alex Silva (Caíque Sá), Edcarlos, Victor Ramos e Ernandes; Gilberto, Giovanni e Léo Sena; Maranhão, Lucão (Júnior Viçosa) e Rafinha (Robinho)

Técnico do time: Ney Franco