Esportes

De volta à seleção brasileira após a Copa, veja estatísticas de Paulinho na China

0

O meio campo Paulinho era um dos jogadores mais importantes da seleção de Tite no período anterior à Copa do Mundo. As estatísticas de Paulinho comprovam isto.

Cumprindo uma função tática de área a área, sua missão era cobrir o campo inteiro. Desse modo, tanto defendia quanto chegava à área adversária.

Foi com essa função que se destacou e parecia ser parte vital da seleção, até que a Copa da Rússia trouxe um grande ponto de interrogação à cabeça dos brasileiros. Na Copa, as exibições e as estatísticas de Paulinho não foram nada boas.

O histórico do jogador

José Paulo Bezerra Maciel Júnior, ou simplesmente Paulinho, nasceu no ano de 1988. Com isso, já estará praticamente de fora na próxima Copa do Mundo, já que em 2022 fará 34 anos.

No seu histórico de clubes, assim como na seleção, o jogador já teve altos e baixos. Começou no interior de São Paulo e logo foi para times de países sem tradição na Europa tentar a sorte.

Voltando ao país, acabou indo parar no Corinthians em 2010, após se destacar pelo Bragantino. Foi lá que teve seu grande sucesso e alavancou para finalmente ir para uma grande liga europeia.

A chance foi dada no Tottenham, que também contava com o volante brasileiro Sandro, ex-Internacional e que sofreu com muitas lesões. No entanto, Paulinho não foi bem na Premier League e acabou tendo a sua primeira ida à China em 2015, duas temporadas depois de chegar.

Com destaque pela seleção, conseguiu ir ao Barcelona por 40 milhões de euros. Lá, teve um ano razoável. Só que isso não foi o suficiente para mantê-lo e ele voltou ao mesmo Guangzhou Evergrande na China.

Estatísticas de Paulinho na China

As estatísticas de Paulinho na China são muito boas. É nisso, além das exibições, que Tite se pautou para voltar a convocar o atleta e dar mais uma chance, mesmo depois da Copa abaixo.

  • 16 jogos (todos como titular)
  • 11 gols
  • 6 assistências
  • Média de 90% de passes certos por partida

Só por comparação, no período pelo Barcelona ele teve 34 jogos, com 9 gols e 3 assistências. Ou seja, já passou esses números num tempo bem menor. É claro, numa liga que exige muito menos. Resta ver o que poderá fornecer novamente à seleção.

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Esportes