Skip to content

Cruzeiro 1 x 1 Boca Juniors: gols, melhores momentos e detalhes da partida

out 4, 2018

Cruzeiro e Boca Juniors se enfrentaram nesta quinta-feira, 04/10/2018. A partida foi válida pelo jogo de volta da Copa Libertadores e foi realizada em Belo Horizonte às 21h45, horário de Brasília.

O jogo entre o clube brasileiro e o argentino, no jogo de ida, foi marcado pela vitória do Boca por 2 a 0. Com isso, o Cruzeiro teria de reverter a desvantagem caso quisesse ir à semifinal. Durante a semana, muito foi dito dos dois lados, inclusive com provocações.

Dentro de campo, porém, o time mineiro se mostrou muito nervoso ao tentar construir as jogadas. Elas acabavam saindo de mal jeito e erradas, sem a sutileza de bons toques finais. Por outro lado, o Boca parecia calmo e tentava tranquilizar o jogo, administrando a vantagem.

PUBLICIDADE

No final do primeiro tempo, lance curioso. O Cruzeiro conseguiu abrir o placar com Barcos, mas o tento foi anulado em virtude de uma suposta falta em cima do goleiro argentino. O que ficou estranho foi que sequer foi consultado o árbitro de vídeo, gerando muita reclamação dos jogadores brasileiros.

Na etapa final, a torcida começou empurrando a raposa. Mas o Boca, ao seu modo, conseguia esfriar o jogo e fazer o tempo passar. Em trombada de Dedé com o goleiro Rossi, cria-se uma confusão. Logo após, pênalti para os cruzeirenses, mas, assim como o gol do primeiro tempo, foi anulado, dessa vez por impedimento.

De tanto insistir deu certo. Em cobrança de escanteio de Arrascaeta, o zagueiro Léo desvia a bola que sobra viva perto da pequena área. Sassá manda de esquerda para dentro da baliza: 1 a 0 aos 12 minutos.

PUBLICIDADE

A dor de cabeça, no entanto, veio aos 35. Novamente Dedé é expulso contra o Boca, dessa vez por tomar o segundo amarelo. Quando as esperanças já estavam virando desespero, o Boca cimenta a pá de cal, com gol de Pavón aos 48.

Com o resultado, os mineiros dão adeus à Copa Libertadores e têm suas esperanças de título somente na Copa do Brasil, onde enfrentam o Corinthians na final. No Brasileirão, a equipe de Mano Menezes ocupa o 7º lugar, fora da zona de classificação à próxima Libertadores e longe da briga pelo título.

Ficha técnica:

Cruzeiro 1 x 1 Boca Juniors

Cruzeiro: Fábio; Edílson, Léo, Dedé, Egídio; Lucas Silva (Sassá), Henrique, Robinho, Thiago Neves, Arrascaeta (Rafinha); Barcos (Raniel). Técnico: Mano Menezes

Boca Juniors: Agustín Rossi; Julio Buffarini, Carlos Izquierdoz, Lisandro Magallán, Olaza; Wilmar Barrios, Nahitán Nández, Pablo Pérez (Gago); Sebastián Villa (Cardona), Cristian Pavón e Mauro Zárate (Ábila). Técnico: Guilhermo Schelotto

Gols: Sassá (12’ 2T) para o Cruzeiro. Pavón (48’ 2T) para o Boca Juniors.

Arbitragem: Andrés Cunha (URU), Nicolás Tarán (URU) e Mauricio Espinosa (URU)

Cartões amarelos: Egídio (36’ 1T), Dedé (5’ 2T e 35’ 2T) e Rafael (32’ 2T) pelo Cruzeiro. Pablo Pérez (22’ 1T), Pavón (32’ 2T) e Nández (50′ 2T) pelo Boca.

Cartão vermelho: Dedé (35’ 2T) pelo Cruzeiro.

Público: 56.791 torcedores

Local: Mineirão, Belo Horizonte (MG).

Melhores Momentos:

https://www.youtube.com/watch?v=Oei8WmiT-mU