Skip to content

Corinthians x Cruzeiro: veja as prováveis escalações das equipes e quem apita

Corinthians x Cruzeiro: prováveis escalações

Nesta quarta-feira (17), às 21h45 (de Brasília), Cruzeiro e Corinthians se enfrentam pela segunda partida da final da Copa do Brasil. Após perder na ida por 1 x 0, o Timão tem vantagem de jogar ao lado de seu torcedor na Arena Itaquera.

Para conseguir ser campeão durante os 90 minutos, o time de Jair Ventura precisa ganhar por dois gols de diferença. Em entrevista coletiva desta terça, Jadson falou em “jogo do ano”:

PUBLICIDADE

“Isso incomoda o nosso grupo, ficar tanto tempo sem fazer gols. Mas amanhã (quarta-feira) é um jogo muito importante, o jogo do ano para nós. Tomara que essa fase ruim mude, a bola possa entrar novamente, que a gente possa criar novamente. O grupo está bem concentrado, todo mundo está ciente da importância do título para nós, o clube a torcida. O Cruzeiro tem uma equipe qualificada, será difícil, mas estamos preparados para fazer um bom jogo”, disse o meia corintiano.

O provável time do Corinthians é: Cássio; Fagner, Léo Santos (Pedro Henrique), Henrique e Danilo Avelar; Ralf e Douglas; Romero, Jadson, Mateus Vital e Clayson.

O Cruzeiro, por sua vez, tem a vantagem do empate para ser campeão da Copa do Brasil. Visando o duelo com o Timão, o Alviceleste usou um time reserva no revés para o Vasco, do último domingo.

Dedé, que deve iniciar como titular na final de quarta, rasgou elogios para Thiago Neves, homem dos gols importantes com a camisa cruzeirense.

“O Thiago é um cara – não vou falar no meu linguajar porque é palavrão (risos) – que tem o dedo pro céu. É muito abençoado. Tem que agradecer não só essa dádiva na vida, mas também esse controle emocional de, nesses momentos decisivos, ser usado muito bem”, destacou o zagueiro.

PUBLICIDADE

O lateral-esquerdo Egídio, suspenso, fica de fora da decisão na Arena Corinthians. O provável Cruzeiro é: Fábio; Edilson, Dedé, Leo e Lucas Romero (Marcelo Hermes); Henrique e Ariel Cabral; Robinho, Thiago Neves e Rafinha; Barcos.

Quem apita?

Wagner do Nascimento Magalhaes apita o jogo decisivo da Copa do Brasil, sendo auxiliado por Rodrigo Figueiredo Henrique Correa e Bruno Boschilia.