Esportes

Árbitro conta como é apitar El Clasico entre Real Madrid e Barcelona

0

Eduardo Iturralde Gonzalez em ação por El Clasico. Foto: David Ramos/Getty Images

Apitar El Clasico é estar nos holofotes. Este é simplesmente um dos maiores confrontos do mundo e o mais assistido. Em jogo, muitos títulos, muita história e sempre muita emoção.

Neste domingo, 28/10/2018, mais uma partida entre Barcelona e Real Madrid vai acontecer. Iniciando às 12h15 no Camp Nou, o jogo deve ser decisivo especialmente para o futuro de Julen Lopetegui, técnico do time da capital. Uma derrota pode selar sua demissão.

Como é apitar El Clasico

Em entrevista concedida à ESPN no exterior, o ex-árbitro de futebol espanhol Eduardo Iturralde Gonzalez contou como é a experiência de viver este jogo de outra forma. Ele pode apitar El Clasico três vezes, até ser barrado pela direção do Real Madrid – em todos o Barça venceu.

De acordo com Iturralde, mesmo para o árbitro que vai apitar o encontro o clima já começa bem antes da partida. Nas ruas ele é parado, recebe ligações, não tem vida fácil. Até por isso anseia o início do jogo: é lá onde assume o controle do espetáculo.

“Uma vez que a bola está rolando, o estômago acalma e você está onde você gosta, no gramado. Os árbitros sempre gostam de apitar este tipo de jogo. Mas é curioso: é uma partida que pode tirar mais de você do que dar. Há vários árbitros muito bons que foram muito bem em El Clasico e isso não ajudou as suas carreiras”, afirmou à emissora estrangeira.

Ainda segundo Iturralde , embora haja sempre discussões com jogadores no gramado, isto costuma ficar somente ali. Já com os treinadores e direção, o negócio é outro. Ele lembra de uma passagem em 2010, quando Mourinho, no Real, tentou condicionar sua arbitragem dias antes. Mas segundo ele, isso não pode influenciar:

“Um árbitro não pode se deixar influenciar por essas coisas. Ainda mais agora que um juiz de futebol na Espanha está ganhando tanto dinheiro: 300 mil euros por ano. Em El Clasico, o jogador sabe que centenas de milhões de pessoas estão vendo ele. E ele tem o seu orgulho, ele sabe que esse é o jogo em que ele realmente tem de ir bem. Então eles reclamam. Mas quando o jogo termina, ou se você vê eles no aeroporto, eles tratam você como qualquer outro profissional, um camarada.”

A arbitragem deste domingo

Quem irá apitar a partida neste domingo é Jose Maria Sanchez Martinez, de 35 anos. Na última temporada, apitou dois El Clasico, com uma vitória para cada lado.

O árbitro, que está no início de sua carreira, irá contar com o apoio do VAR, que promete ser de grande auxílio. Aliás, segundo Iturralde Gonzalez, isso tem mesmo efeitos positivos sobre quem tem de tomar as decisões no gramado:

“O VAR tira aquela tensão de quando você se preocupa durante o jogo se tomou a decisão correta”. Segundo ele, o VAR dá suporte ao árbitro e deixa ele tranquilo ao saber que se errar, vai ser corrigido, e não punido pela federação.

Agora, só resta esperar o confronto e ver como se sai Sanchez Martinez. Já que conta com uma tecnologia que Iturralde Gonzalez não pode usufruir, espera-se que não influencie no resultado e que o protagonismo seja todo dos atletas.

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Esportes