Skip to content

Após perder pênalti, atacante dinamarquês é ameaçado de morte

nikolai jorgensen ameacado de morte dinamarca

Uma situação bem triste ocorreu após a eliminação da Dinamarca da Copa do Mundo no último sábado. O atacante dinamarquês Nikolai Jorgensen, acabou recebendo diversas ameaças de morte através da internet, por conta do erro cometido durante a cobrança, que acabou eliminando-a perante a Croácia, na cidade de Nizhny Novgorod. A disputa valia vaga nas quartas de finais da Copa do Mundo, da qual foi garantida pela Croácia.

PUBLICIDADE

Nas redes sociais oficiais do jogador, diversas mensagens com cunho de ódio acabaram sendo publicadas, inclusive algumas mais sérias, ameaçando o jogador. A Federação Dinamarquesa de Futebol acabou se manifestando de maneira oficial e acabou acionando a polícia, pedindo que todas as mensagens e os casos sejam investigados, avaliados e quando necessário, realizar a punição dos envolvidos.

A manifestação do atacante

Após algumas horas deste o ocorrido, o atacante Nikolai Jorgensen, realizou uma publicação onde acabou falando sobre o caso e também agradecendo aos torcedores dinamarqueses sobre todas as mensagens de apoio recebida.

Em sua rede social ele publicou que não recebeu diretamente, pelo menos que tenha percebido, uma ameaça de morte. Ele enfatizou somente as ótimas mensagens edificantes e relatou que ninguém está mais decepcionado e triste do que ele próprio, por ter perdido o pênalti. No final da mensagem ele agradeceu novamente e desejou um bom verão a todos.

PUBLICIDADE

O atacante iniciou a Copa na Rússia como titular, porém acabou perdendo a vaga contra o jogo da Croácia, entrando apenas no segundo tempo. Ele acabou participando de 3 dos 4 jogos da equipe dinamarquesa nesta Copa.

Além de Jorgensen, Schöne e Eriksen também erraram as suas cobranças, pois o goleiro croata Subasic estava inspirado e defendeu o chute dos três.

PUBLICIDADE

A Dinamarca terminou a partida empatada por 1×1, e foi eliminada nas 8ª de final, pela Croácia, após a decisão nos pênaltis.

Fim de carreira para o dinamarquês William Kvist

Após a eliminação diante da Croácia, o povo dinamarquês recebeu a informação de que um dos principais meias da seleção, anunciou a sua aposentadoria. O anúncio ocorreu no perfil oficial do jogador, um dia após a eliminação da Dinamarca da Copa do Mundo.

O meia William Kvist publicou a seguinte frase no Facebook:

“VM 2018 blev det sidste for mig i landsholdstrøjen??. Tak for mange gode år til spillere, trænere, ledere og fans.
Har altid elsket at synge nationalmelodien med jer. Jeg gjorde mit bedste.”

A publicação ocorreu no último dia 01 de julho. Traduzindo do dinamarquês, o jogador citou que a Copa de 2018 foi a última para ele, e agradeceu aos companheiros de time, treinadores, líderes e a seus fãs. Também citou que sempre amou a seleção e que fez o seu melhor durante a Copa.

Kvist atualmente está com 33 anos e durante o seu tempo de seleção, realizou 81 jogos e finalizou ao gol em duas oportunidades. Como ele é um meia, o seu objetivo principal não eram os gols, mas sim servir bem o time.

O jogador acabou se lesionando logo no primeiro jogo da Copa, quando a Dinamarca acabou ganhando do Peru pelo placar de 1×0. A lesão ocorreu em uma disputa de bola aérea com o jogador peruano Farfán. Ele fraturou duas costelas e teve um pulmão perfurado. O jogador acabou retornando para o país de origem e realizou o devido tratamento.

O jogador já atuou pela equipe de Stuttgart da Alemanha, Fulham da Inglaterra e atualmente está jogando pelo Copenhagen. Provavelmente a sua carreira no atual time não se encerra ainda, mas na próxima Copa ele não estará mais jogando pela Dinamarca.