Skip to content

Netflix cogita produzir versão norte-americana de La Casa de Papel

Fenômeno após receber o título de atração de língua não-inglesa mais assistida da Netflix, La Casa de Papel se tornou sucesso na plataforma. Produzida na Espanha, em 2017, a série ganhou fãs por todo o mundo e o vice-presidente de conteúdo original da Netflix, Eric Barmack acaba de revelar que pretende fazer uma versão da série para os Estados Unidos.

PUBLICIDADE

Durante entrevista para o portal Vulture, Barmack explicou que tanto nos EUA, quanto no Reino Unido, a série não fez o mesmo sucesso como em outros locais. “Estamos debatendo se devíamos pegar o roteiro e copiá-lo linha por linha, ambientando-os nos Estados Unidos”, disse.

Embora não dependa só dele a decisão da criação, o executivo demonstrou grande interesse em produzir a nova versão e comentou sobre a originalidade que há na narração espanhola. “Em torno daquele assalto, daqueles personagens, com nomes de cidade, seu humor. Se a maioria dos executivos for contra, não devemos fazer. Mas se for 50/50, a decisão é minha”, revelou.

Um produtor chegou a ressaltar para Barmack o valor de destacar séries de língua não-inglesa: “Acredito que nosso grupo está fazendo um belo trabalho em tornar séries de língua não-inglesa relevantes. Se começarmos a transformá-las, pode ser um tiro no pé. Pode parecer que elas são menos importantes”.

A estreia da terceira temporada de La Casa de Papel está prevista para 2019.