Skip to content

Desenhos que até os adultos vão gostar

Muitos anos após da infância, não é incomum que desenhos que assistimos quando criança ainda nos influenciem como adultos. As marcas na tenra idade são muito fortes!

PUBLICIDADE

Mais do que isso, há desenhos que merecem até mesmo serem reassistidos na idade adulta, ou mesmo visto pela primeira vez.

Trouxemos aqui alguns exemplos de cartoons que são tão bons que merecem audiências de todas as idades!

1 – Manual de Sobrevivência Escolar do Ned

PUBLICIDADE

 Essa é uma série que se enquadra muito bem no estilo live action desenvolvido pela Nickelodeon nos anos 2000.

Centrado na vida do adolescente Ned, que só entra em enrascadas na escola, o desenho (que de desenho tem pouca coisa, já que é feito em carne e osso) se dá na forma de um “manual” que o protagonista faz para seus espectadores.

PUBLICIDADE

Aliado da dupla de amigos Moze e Cookie, uma menina acima da média e um nerd tecnológico, a sitcom é divertida para toda a família.

2 – Steven Universo

 O desenho relativamente recente traz uma história interessante em que o protagonista deve salvar Beach City da destruição iminente por um cometa mágica, buscando algo útil nas bugigangas de seu pai.

A forma como o cartoon trabalha temas sensíveis como saúde mental, relacionamentos abusivos, amadurecimento e igualdade para amar, só para citar alguns, torna o show bem inclusivo.

3 – Hora da Aventura

 O desenho Hora da Aventura, que segue as desventuras de Finn e Jake, seu cachorro mágico, pela terra de Ooo, é quase psicodélico. Seu humor apela tanto a crianças quanto pessoas mais velhas.

Muito se aprende assistindo o cartoon, inclusive coisas que muitos adultos não aprenderam. De destaque, particularmente, a presença LGBT.

4 – Gravity Falls: Um Verão de Mistérios

 Gravity Falls conta a aventura de dois irmãos gêmeos, Dipper e Mabel Pines, que vão passar as férias com seu tio-avô em um misterioso recanto. Sentindo algo estranho no ar, os irmãos começam a investigar.

Depois de Dipper encontrar um diário escrito em código, os dois começam a descobrir várias coisas bizarras…

Os roteiristas de Gravity Falls tem muita criatividade para apresentar os problemas de forma divertida. Há muita emoção na escrita.