Skip to content

Termina hoje saque do primeiro lote do Fundo PIS/PASEP

saque pis pasep termina hoje

Você só tem até às 16h desta sexta-feira 29 de junho, para realizar o saque dos recursos do primeiro Lote do Fundo PIS/PASEP. O prazo para quem possui entre 57 e 59 anos termina hoje e só será retomado no próximo mês de agosto, abrangendo beneficiários de outras idades, que também tenham direito ao benefício.

PUBLICIDADE

O Fundo PIS/PASEP é um direito para quem foi empregado com carteira assinada na rede privada ou pública (e também militar) entre os anos de 1971 à outubro de 1988. Nesta época os trabalhadores faziam parte de um fundo de recursos destes sistemas, dos quais suas regras foram alteradas a partir de 1988.

O Banco do Brasil será o responsável pelo pagamento dos recursos do fundo do PASEP (setor público) e a Caixa Econômica Federal será responsável por efetuar o pagamento dos recursos do PIS (setor privado). 80% dos valores liberados são para trabalhadores que tem direito ao PIS e o restante para cotistas do Pasep.

O prazo para o saque terminará hoje e em julho haverá um recesso no sistema operacional do fundo PIS/PASEP, onde haverá uma correção dos valores e portanto não será possível realizar o saque. Porém o saque volta a ser permitido a partir do próximo dia 08 de agosto, para aqueles que tenham entre 57 e 59 anos.

PUBLICIDADE

Pagamento para cotistas de todas as idades

Já a partir do próximo dia 14 de agosto, todos os cotistas do PIS/PASEP que ainda não realizaram o saque do fundo, poderão efetuar o mesmo nos bancos responsáveis. O pagamento será efetuado até o próximo dia 28 de setembro, sendo o prazo máximo e não havendo outra data futura para o saque.

Muitos irão deixar para efetuar os saques a partir de agosto, por conta da correção com base no rendimento dos últimos 12 meses. Estima-se de que o aumento fique entre 8% à 10% sobre o valor total. Um exemplo bem claro sobre esta correção é: Se o cotista tiver R$ 100 para receber, irá receber entre R$ 108 e R$ 110 a partir de agosto.

PUBLICIDADE

É importante que familiares herdeiros verifiquem também a situação, pois muitos ficam sem saber do direito e acabam não recebendo.

O que acontece depois do prazo máximo de pagamento

Para aqueles que por algum motivo não efetuarem o saque, ele volta as regras originais de liberação, ou seja, só será possível resgatar o saldo aqueles que tenham idade superior a 60 anos, quem se aposentar por idade e invalidez, em caso de morte do cotista e no caso de doenças graves como câncer, parkinson, tuberculose e/ou aids. Nestes casos é possível que o cotista realize o saque também por conta do dependente familiar.

Como será feito o saque?

Desde que tenha o direito, o saque das cotas do PIS deverão ser feitos diretamente nas agências da Caixa e seus representantes. Para aqueles que possuem o direito de receber até R$ 1500, o saque poderá ser feito no autoatendimento apenas com a senha cidadão, dispensando a necessidade de uso do Cartão do Cidadão. Nas Lotéricas e Caixa Aqui, esses valores poderão ser sacados através do Cartão do Cidadão juntamente com a senha e um documento oficial com foto, sendo possível ser feito somente pelo titular.

Se os beneficiários tiverem direito de valores entre R$ 1501 à R$ 3000, os saques poderão ser feitos com o Cartão do Cidadão e a senha no Autoatendimento.

Já valores que estejam acima dos R$ 3000, os saques deverão ser realizados nas agências da Caixa Econômica Federal, juntamente com um documento oficial de identificação com foto.

Para cotistas do fundo público, o Pasep, se não for correntista ou poupador do BB, possuindo saldos de até R$ 2500, os valores poderão ser transferidos para sua conta através de um TED, que poderá ser realizado através do terminal de autoatendimento. Para quem possui valores superiores a estes, os saques deverão ser feitos nas próprias agências do Banco do Brasil, munido com um documento oficial de identificação com foto.

Saques efetuados no primeiro lote

Os saques que foram efetuados entre os dias 18 e 22 de junho, chegaram a uma somatória de R$ 792,4 milhões. O levantamento foi feito pelo Ministério do Planejamento, do qual também informou que o saque foi efetuado por 613.814 cotistas, um número bem considerável.

Aqueles que possuem idade a partir de 57 anos somaram 489.879 saques entre os dias 18 e 22 de junho, chegando a uma somatória de R$ 596,4 milhões.

Mas estes números são apenas parciais, pois atualmente há 28,7 milhões de pessoas que possuem o direito a receber o fundo do PIS/PASEP. Em valores, esta somatória pode chegar a R$ 39,3 bilhões.

Destes, 12,5 milhões estão com idades a partir de 60 anos, dos quais irão sacar uma somatória de R$ 23,2 bilhões (total de beneficiários). Já aqueles que estão com idade entre 57 e 59 anos, são 16,1 milhões de pessoas, com uma estimativa do Governo para 16,1 bilhões de reais.

Os valores médios do saque de cada beneficiário é de aproximadamente R$ 1370. Porém o valor varia bastante, afinal depende do período em que o trabalhador teve a carteira a assinada enquanto o Fundo Pis/Pasep estava ativo.