Politica

Deputada do PSL que solicitou aos alunos para filmarem “professores doutrinadores” é denunciada por ex-aluno por fazer doutrinação ideológica

0

Reprodução/Twitter

A deputada estadual do PSL eleita pelo estado de Santa Catarina, Ana Carolina Campagnolo,causou uma enorme polêmica e um furor nas redes sociais e na mídia ao pedir para que os estudantes catarinenses filmassem e fizessem denúncias contra “professores doutrinadores” em sala de aula, foi denunciada nas redes sociais por um ex-aluno seu, por fazer doutrinação ideológica.

Ana Campagnolo é evangélica, uma forte apoiadora de Jair Bolsonaro e também defensora do famigerado e controverso projeto “escola sem partido”. A recém-eleita deputada Campagnolo é professora de História e, segundo algumas informações cedidas por um estudante, teve vezes que entrou para dar aulas usando uma camiseta contendo uma imagem de Jair Bolsonaro.

Essa é Ana campagnolo, minha ex professora agora deputada estadual que apoia e faz propaganda do “escola sem partido” professora ana,lembra do dia que vc usou uma camisa do bolsonaro nas aulas?? pq eu sim! ainda por cima posando pra foto com aluno tsc tsc..”, falou no Twitter o estudante cujo nome na rede social aparece como Sebastian.

Através das redes sociais, diversas pessoas se manifestaram não somente contra a atitude da deputada em censurar os professores, mas também com a postura incoerente de acusar professores de “doutrinação ideolológica” e ter ela mesma vestir camiseta de Bolsonaro. Até mesmo a escritora Elika Takimoto postou uma foto de Campagnolo usando a camiseta de Bolsonaro em sala de aula e falou em tom irônico: “Eis a professora em sala de aula com a camisa do Bolsonaro. Vou denunciá-la para ela mesma. Ou só de um lado que é permitido?”.

Na segunda-feira, dia 29 de outubro, um grupo de professores compôs uma ação no site de assinaturas coletivas Avaaz solicitando a impugnação da deputada estadual. “A liberdade de expressão dos professores em sala de aula foi explicitamente atacada na noite de 28/10/2018″, está enunciado na ação. Pouco tempo depois do anúncio da vitória de Jair Bolsonaro nas eleições para a presidência da Repúbica, Ana Caroline Campagnolo, que foi eleita Deputada Estadual pelo estado Santa Catarina para a legislatura do ano de 2019, mais famosa por sua ferrenha defesa do Projeto Escola Sem Partido, efetuou uma divulgação em sua redes sociais uma mensagem com tom de ameaça instigando os estudantes em sala de aula a fazer uma filmagem de seus professores a partir da segunda feira, dia 29/10/2018”, de acordo com o que consta na ação.

Danieli Mennitti
Possuo graduação e mestrado em História pela UNESP. Faço parte da equipe de redação do portal Resumo. Além de professora e historiadora, sou redatora web freelancer/autônoma. Interesso-me e escrevo sobre os mais variados assuntos.

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Politica