Skip to content

Depois de ter ido voltar, Temer diz: “Poder não será de Bolsonaro, nem Haddad”

Depois de ter ido votar, o atual presidente da República, Michel Temer declarou que as eleições deverão acontecer de forma tranquila em todo o país e que, assim que tiver encerrado o pleito, “todos os brasileiros irão se unir” mais uma vez.

PUBLICIDADE

“O poder é do povo, não será do Bolsonaro nem do Haddad, de quem quer seja”, falou ele.

Temer também falou nutrir plena confiança nas urnas eletrônicas, cuja credibilidade se tornou um alvo de questionamento pelo candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL).

“Sempre deram certo, não há problema algum em relação às urnas eletrônicas.”

O presidente chegou ao local de votação na companhia somente de seguranças neste domingo, às 8h20, no colégio Santa Cruz, na cidade de São Paulo.

Com informações da Folhapress.

PUBLICIDADE