Skip to content
PUBLICIDADE

Sem diagnóstico, blogueira mirim morre enquanto aguardava vaga na UTI

PUBLICIDADE

Aos 14 anos de idade, Emily Alves Pereira da Silva ainda tinha muitos sonhos e investia na carreira de blogueira. Nas redes sociais, investia em conteúdo enquanto via seu engajamento crescer, sonhando com o futuro.

No entanto, tudo foi interrompido por um grave problema de saúde que até hoje ainda não foi identificado. Emily começou a ter seus primeiros sintomas no fim de março, no dia 24. Com fortes dores de cabeça e febre, a menina não apresentava melhora com medicação.

A família procurou atendimento médico na cidade de Mongaguá, mas nenhum diagnóstico foi fechado e a menina foi enviada de volta para casa com receitas médicas. No entanto, os novos medicamentos não fizeram efeito e a família voltou a procurar ajuda.

PUBLICIDADE

A menina então, no dia 02 de abril, deu entrada na UPA de Quietude. Dessa vez, a menina foi intubada após sofrer uma parada cardiorrespiratória. No entanto, os médicos ainda não sabiam o que estava acontecendo com a menina. Suspeitas de dengue e meningite foram levantadas, mas nenhum diagnóstico foi fechado.

A menina recebeu todo o tratamento possível na UPA, mas aguardava com urgência por um leito na UTI. Infelizmente, a transferência não aconteceu a tempo e a menina não resistiu. A família lamenta.

PUBLICIDADE

“Minha menina era um amor de pessoa, completaria 15 anos no fim deste mês. Muito caseira, estudiosa, inteligente, fazia vários vídeos para as redes sociais e pensava em ser famosa. Deus a recolheu e dará forças para nós”, lamentou o pai, Ismael.