Skip to content
PUBLICIDADE

Policial militar faz funcionária da Gol refém em Aeroporto de Garulhos; vídeos viralizam

PUBLICIDADE

Na noite de ontem (11), um policial militar foi preso após fazer uma funcionária da Gol, no Aeroporto de Garulhos, refém. Durante o período em que esteve com a mulher sob ameaça, o PM afirmou estar com uma bomba na mochila e usava uma caneta para ameaça-la.

Diante da situação, policiais federais entraram em ação e assumiram a negociação com o agressor. Depois de alguns minutos, o homem acabou se rendendo e liberou a vítima. A mulher não sofreu lesões, apesar do imenso susto.

Durante a ação, o homem manteve a mulher refém e pediu que as testemunhas filmassem a cena e divulgassem nas redes sociais. O PM também pediu a presença da Polícia Federal e afirmava estar com a caneta na artéria da vítima. “Se vier, eu furo”, é possível ouvir nas filmagens.

PUBLICIDADE

A Gol, empresa da qual a funcionária é colaboradora, se manifestou e afirmou estar prestando todo o atendimento para a mulher. A vítima não teve a identidade divulgada, a empresa ainda destacou que a Polícia Federal esta a frente do ocorrido.

PUBLICIDADE

A polícia, por sua vez, não divulgou detalhes sobre o caso. O homem foi encaminhado a delegacia, onde o caso foi registrado. A identidade do agressor não foi revelada e a polícia investiga o que provocou a ação.

Os vídeos viralizaram nas redes sociais rapidamente. O caso aconteceu na noite de ontem e vem repercutindo amplamente nas redes sociais e canais de notícia.

Via: cnnbrasil.com.br

PUBLICIDADE