Skip to content

Polícia e MP concluem que Flordeles mandou matar o marido, pastor Anderson do Carmo

O pastor Anderson do Carmo foi cruelmente assassinado na garagem de sua própria casa no dia 16 de junho de 2019, em Pendotiba, Niterói. O crime chocou o Brasil, na ocasião a arma foi encontrada na casa onde a vítima morava com a família, dois filhos foram presos, e começou aí uma longa investigação.

PUBLICIDADE

Agora, nessa segunda-feira dia 24 de agosto, a Polícia Civil juntamente com o Ministério Publico, que estavam frente às investigações, concluíram que a deputada Flordelis é a mandante do crime.

De acordo com as informações do portal G1 da Globo, a deputada e viúva do pastor tentou envenená-lo por 4 vezes, antes que ele fosse executado com 30 tiros. Mesmo com todo esse requinte de crueldade a mandante do crime não pôde ser presa por causa da imunidade parlamentar.

Hoje a policia tem 9 mandados de prisão de filhos do casal a cumprir, e segundo as investigações o dinheiro foi o motivo da morte do pastor Anderson do Carmo.

Marido da deputada Flordelis assassinado em Niteri Foto Reproduo
Globo

Após matar o marido de forma cruel e sem que ele tivesse como se defender, a deputada e cantora evangélica foi desesperada para o velório, chorou com lágrimas de crocodilo durante todas as homenagens de despedida e enterro do marido.

Deputada Flordelis participa do velrio do marido Foto ReproduoTV Globo
Globo

Flordelis responderá judicialmente por homicídio triplamente qualificado.

PUBLICIDADE
Filhos de Flordelis so presos por suspeita no envolvimento na morte do pastor Anderson do Carmo Foto Reproduo TV Globo
Globo

Buscas e apreensões estão sendo realizadas na manhã desta segunda-feira, dia 24 de agosto, na casa onde a deputada mora com filhos na Região Metropolitana do Rio de Janeiro.