Skip to content
PUBLICIDADE

Caso Henry: Cabrini mostra trechos inéditos da entrevista de Monique e Jairo, casal em pânico ao se ver sem há saída– Vídeo viraliza

PUBLICIDADE

Nesta última quinta-feira (8), Monique Medeiros e o vereador Jairinho, foram presos acusados da morte de Henry Borel, de 4 anos, que foi deu entrada morto em uma unidade de saúde na madrugada do último dia 8 de março.

Desde então a polícia vinha trabalhando com a hipótese de crime, pois se a criança houvesse caído da cama como a mãe e o padrasto afirmaram ele não teria tantas lesões greves no corpo, na parte externa mas principalmente nos órgãos internos.

Até o momento da prisão eles alegavam inocência, mas a polícia sabia que algo de errado havia acontecido naquela madrugada dentro de um apartamento de luxo no Rio de Janeiro.

PUBLICIDADE

As investigações apontavam para um homicídio e o pior com a conivência da mãe do garoto. Conversas recuperadas no celular de Monique mostra o desespero da babá ao relatar que Jairo estava em casa agredindo o garoto.

Depoimentos colhidos pela polícia de pessoas que conviveram com Jairinho, ex-esposa e ex-namoradas afirmaram que ele é um homem violento.

PUBLICIDADE

A frieza de Monique chamou a atenção da mídia e da polícia, ainda de acordo com as investigações realizadas pelos investigadores, Jairinho está de malas prontas para fugir.

Mas o casal foi preso antes que pudessem deixar o Brasil sob a acusação de homicídio duplamente qualificado e tortura.

Na entrevista concedida a Cabrini, o casal se mostrava tranquilo, com lágrimas derramadas nos momentos que melhor lhe convinha e trechos inéditos desta reportagem veio a público e mostra a reação deles quando foram ‘encostados na parede pelo jornalista’. Confira no vídeo abaixo:

PUBLICIDADE

https://youtu.be/KcrP_czUTEs

 

Via: recordtv.r7.com