Skip to content

CBF deseja renovar com TITE e só aguarda o SIM do treinador

tite renovacao cbf

Com o sucesso de outros treinadores internacionais que permanecem a frente das seleções por mais de uma temporada, algo que não acontece no Brasil, a CBF decidiu renovar o contrato com o técnico Tite, após uma boa campanha com a Seleção, mesmo após a eliminação nas quartas de finais da Copa do Mundo da Rússia em 2018, perante a Bélgica.

PUBLICIDADE

E o futuro da seleção brasileira está prestes a ser decidido, pois a CBF só está aguardando o SIM do treinador, para que ele possa retornar a guiar a equipe após as merecidas férias desta temporada.

A resposta deve vir no próximo final de semana, logo após 10 dias de folga para a comissão técnica, depois da participação na Copa. A CBF informou que os sinais dos dois lados das negociações estão em clima otimista, pois a confederação já conta com a continuidade de Edu Gaspar, atual coordenador de seleções, sendo o “chefe” do treinador, que na prática funciona como um auxiliar fora dos campos, dando assistência para ele.

Todo o trabalho executado por Edu Gaspar é avaliado com bons olhos pela cúpula da CBF, onde o próprio coordenador já deu sinais do seu desejo de continuar durante as competições. O mesmo acontece com todos os outros integrantes da atual comissão técnica.

Pós eliminação contra a Bélgica

Alguns dos fatos que fortaleceram a permanência do treinador na equipe brasileira, foi a simpatia dos brasileiros por Tite, que mesmo após a eliminação contra a Bélgica, foi muito aplaudido na saída do hotel de Kazan (Rússia), como no aeroporto após a chegada no Brasil.

Logo após a derrota em Kazan, o presidente da CBF, Rogério Caboclo acabou conversando informalmente com Tite, e ficou acertado que voltariam a se falar no Brasil após as férias de 10 dias do treinador.

PUBLICIDADE

O sim depende da família de Tite

Sempre antes de tomar suas decisões, o treinador Tite costuma consultar a sua família e durante estas férias ele irá novamente consultar seus familiares, principalmente esposa e filhos, para definir se permanece ou não a frente da Seleção.

Porém ao que se sabe, o seu auxiliar e também filho do treinador, Matheus Bachi, está dando todo o apoio para que o pai possa permanecer mais quatro anos à frente da Seleção Brasileira e dar continuidade no desenvolvimento da equipe e dos jogadores que possam fazer parte do elenco futuramente.

Próximos jogos do Brasil

A seleção brasileira será anfitriã da Copa América em 2019, onde irá disputar com os dez países da Conmebol, além do Japão, Catar e convidados. Esta será a última vez em que o campeonato será disputado em anos ímpares e contará com o formato atual.

No ano de 2020 está previsto a estreia de uma Copa América com a presença de seleções da Concacaf, que atualmente está batizada de Copa América Centenário. Os novos moldes serão de acordo com o calendário da UEFA, a cada quatro anos, no intervalo entre as Copas do Mundo, como as Olimpíadas.

A CBF espera que os resultados da Seleção em 2019 e 2020 sejam melhores e isso também irá definir a permanência da comissão até a copa do Catar em 2022.