Skip to content

Botafogo 2 (4) x (5) 1 Bahia: gols, melhores momentos e detalhes da partida

Botafogo e Bahia fizeram um duelo brasileiro pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana (jogo de volta). O jogo aconteceu nesta quarta-feira, 03/10/2018, no Rio de Janeiro, e teve início às 21h45, horário de Brasília.

PUBLICIDADE

As duas equipes têm feito um Campeonato Brasileiro muito semelhante, inclusive bem próximos na tabela. Os dois têm sido irregulares neste ano, aliás. A proximidade deles se mostrou já no confronto de volta, quando o Bahia venceu apertado, por 2 a 1 em casa.

Para esta partida de volta, apesar da desvantagem, o Botafogo prometia vir com tudo, enquanto os baianos pretendiam administrar a vantagem concebida em frente ao seu torcedor. No primeiro tempo, contudo, a estratégia mais coerente inicialmente parecia ser a da equipe carioca.

O Botafogo começou tentando exercer alguma forma de furar o bloqueio do Bahia. Até a metade do primeiro tempo, o goleiro Douglas já havia sido obrigado a fazer algumas belas defesas. A pressão continuou e Rodrigo Pimpão aproveitou falha do zagueiro Grolli para ser oportunista e abrir o placar.

Após o gol sofrido, o Bahia passou a melhorar no jogo, demonstrando que havia finalmente acordado. A consequência foi o gol, fruto de uma bela jogada, envolvendo Flávio, Vinícius, Gilberto e Edigar Junio. No final, o atacante mandou de primeira para o fundo das redes, igualando o marcador.

Essa vantagem, porém, não duraria muito tempo: aos 39, Luiz Fernando recebe grande passe de Matheus Fernandes, dribla o goleiro Douglas e manda para o gol: 2 a 1. Resultado igual ao do primeiro jogo já no intervalo.

PUBLICIDADE

O Bahia deu uma melhorada no segundo tempo. Se não conseguia grandes chances, pelo menos tinha mais domínio e também não sofria atrás. A resposta botafoguense foi com alterações, colocando o time para cima. Até o momento, o jogo iria para os pênaltis – como de fato foi.

Nas penalidades, Lindoso, Aguirre, Kieza, Renatinho marcaram para o Botafogo. Para o Bahia, Gilberto, Zé Rafael, Allione, Nilton converteram. Marcinho (na trave), do Botafogo, e Jackson (defesa de Saulo), do Bahia, perderam as terceiras cobranças dos seus times. Nas cobranças alternadas, Moisés perdeu para o Botafogo, em defesa de Douglas – que aliás chegou perto em praticamente todas. Flávio bateu e decidiu para os baianos.

Com o resultado, o Bahia passa pela primeira vez às quartas de final da competição, onde agora enfrenta o Atlético Paranaense. Já o Botafogo volta-se exclusivamente para o Campeonato Brasileiro.

Ficha técnica:

Botafogo 2 (4) x 1 (5) Bahia

Botafogo: Saulo; Marcinho, Carli, Igor Rabello e Moisés; Matheus Fernandes (Renatinho), Rodrigo Lindoso e Bochecha (Marcelo); Rodrigo Pimpão, Kieza e Luiz Fernando (Aguirre). Técnico: Zé Ricardo

Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Tiago (Jackson), Grolli e Flávio; Elton, Nilton, Zé Rafael, Edigar Junio (Clayton), Vinícius (Allione); Gilberto. Técnico: Enderson Moreira.

Gols: Pimpão (25’ 1T) e Luiz Fernando (39’ 1T) para o Botafogo. Edigar Junio (32’ 1T) para o Bahia.

Arbitragem: Germán Delfino (ARG), Gustavo Rossi (ARG) e Ezequiel Brai Lovsky (ARG)

Cartões amarelos: Matheus Fernandes (35’ 1T) pelo Botafogo. Vinícius (42’ 1T), Flávio (27’ 2T), Nino Paraíba (30’ 2T) pelo Bahia.

Público: 30.234 torcedores

Renda: R$ 496.410,00

Local: Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro (RJ)

Melhores Momentos:

https://www.youtube.com/watch?v=6D_HTO9br08