Skip to content

Calendário maia estava errado e mundo terminará na próxima semana em 21 de junho, alerta teórico da conspiração

O mundo acaba no próximo dia 21 de junho, segundo os novos cálculos das previsões do calendário Maia. O cara calculou quantos dias perdemos com a mudança de calendário no século 16 e resulta que, pelo calendário Maia, estamos em dezembro de 2012.

PUBLICIDADE

O ano de 2020 tem sido bastante horrível até agora devido à pandemia de coronavírus COVID-19 e um teórico da conspiração está agora alegando que o mundo terminará ‘na próxima semana’ em 21 de junho.

A teoria, que soa completamente bizarra, baseia-se em um calendário antigo e em uma previsão maia do fim do mundo. Deve-se notar que o calendário gregoriano agora é usado pela maioria das pessoas em todo o mundo, mas esse calendário surgiu em 1582 e antes disso as pessoas usavam calendários diferentes para acompanhar as datas. Dois dos calendários mais populares eram os calendários maia e juliana.

Segundo especialistas, o calendário gregoriano foi introduzido para refletir melhor o tempo que a Terra leva para orbitar o Sol. Mas muitos acreditam que 11 dias foram perdidos no ano que foi determinado pelo calendário juliano.

Com o tempo, esses dias perdidos se somam e agora surgiu uma teoria da conspiração que afirma que deveríamos estar no ano de 2012, não em 2020.

Em um tweet excluído, o cientista Paolo Tagaloguin teria dito: “Após o calendário juliano, estamos tecnicamente em 2012. O número de dias perdidos em um ano devido à mudança para o calendário gregoriano é de 11 dias. Por 268 anos, usando o calendário gregoriano (1752-2020) vezes 11 dias = 2.948 dias. 2.948 dias / 365 dias (por ano) = 8 anos ”.

PUBLICIDADE

Seguindo essa teoria, 21 de junho de 2020 seria realmente 21 de dezembro de 2012.

Pode-se lembrar que em 2012, 21 de dezembro foi proposto por alguns como o fim do mundo por teóricos da conspiração.

A NASA disse: “A história começou com alegações de que Nibiru, um suposto planeta descoberto pelos sumérios, está indo em direção à Terra. Essa catástrofe foi prevista inicialmente para maio de 2003, mas quando nada aconteceu, a data do juízo final foi adiada para dezembro de 2012 e ligada ao final de um dos ciclos do antigo calendário maia no solstício de inverno em 2012 – daí a data prevista para o juízo final. 21 de dezembro de 2012. ”

A agência espacial explicou anteriormente: “Para quaisquer alegações de desastre ou mudanças dramáticas em 2012, onde está a ciência? Onde estão as evidências? Não há nenhuma, e para todas as afirmações ficcionais, sejam elas feitas em livros, filmes, documentários ou pela Internet, não podemos mudar esse fato simples. Não há evidências credíveis de nenhuma das afirmações feitas em apoio a eventos incomuns que ocorrem em dezembro de 2012. ”