Skip to content

Saiba como consultar o saldo do PIS

O presidente Michel Temer, anunciou no mês passado a liberação da ampliação do saque do fundo PIS e Pasep para trabalhadores não aposentados.

PUBLICIDADE

Poderão fazer o saque, os trabalhadores que tiveram a carteira assinada entre o ano de 1971 e 1988, e terão até o dia 28 de setembro, seguindo o calendário divulgado pelo Governo Federal.

Onde consultar o saldo do PIS e Pasep

O saldo do PIS e Pasep pode ser consultado pelo trabalhador no site da Caixa Econômica Federal: http://www.caixa.gov.br/beneficios-trabalhador/pis/cotaspis/Paginas/default.aspx.

É necessário apenas informar o número do PIS, CPF ou NIT (número de inscrição do trabalhador), preencher a sua data de nascimento, indicar se é aposentado ou não, clicar em eu não sou um robô, e em continuar.

Para finalizar, cadastre uma senha para autenticação e informar o seu número de celular. O saldo aparecerá na tela e a forma de recebimento do dinheiro.

O Pasep pode ser consultado no site do Banco do Brasil:http://www.bb.com.br/pbb/pagina-inicial/setor-publico/governo-federal/gestao/gestao-de-recursos/pagamento-de-ordens-bancarias,-salarios-e-beneficios/pasep#/.

PUBLICIDADE

Os que foram cadastrados no fundo PIS e Pasep até dia 4 de outubro de 1988, e ainda não sacaram o saldo da sua conta individual, de acordo com a medida provisória 813, aprovada no Senado em 28 de maio.

A cota do PIS é diferente do abono salarial, pago todos os anos para alguns trabalhadores, quem por exemplo, já sacou a cota da aposentadoria não tem mais direito.

Nova fase do pagamento

Nessa segunda fase de pagamento do fundo PIS e Pasep, poderão sacar os trabalhadores entre 57 e 59 anos, 2,9 milhões de brasileiros com direito ao PIS e de cotistas do Pasep, 1,8 milhão de contribuintes.

Os valores disponíveis para saque na Caixa Econômica Federal, deve ser de 4 bilhões de reais, e no Banco do Brasil, cerca de R$ 4,6 bilhões de reais. Os que não sacaram as cotas no dia 29 de junho deste ano, poderão sacar apenas em 28 de setembro.

A correção em cima dos valores do ano anterior, foi cerca de 8,9% de acordo com a administração dos bancos. Em agosto os que não sacaram o valor na primeira fase de pagamentos, poderão retirar as cotas pertinentes.

No dia 8 de agosto, o Banco do Brasil, efetuará o crédito de 1,1 milhão de cotistas, totalizando 1 bilhão de reais, e a Caixa Econômica também fará o mesmo procedimento, com base no tempo de contribuição.

Se o beneficiário não possuir conta de qualquer natureza no Banco do Brasil, e o saldo disponível for de 2,500 reais, ele poderá fazer a transferência do dinheiro via TED (Transferência Eletrônica Disponível), para sua conta pessoal.

Os herdeiros dos valores da conta, podem consultar o saldo no site do Banco Brasil e da Caixa, portando documento de identificação do herdeiro, documento de identificação do cotista falecido, comprovante de inscrição no PIS e Pasep.

É necessário possuir disponível para consulta: certidão ou declaração de dependente, alvará judicial designando o sucessor ou representante legal, bem como a escritura pública, para comprovar o recebimento deste.